'As Tartarugas Ninja' retornam aos cinemas em superprodução repleta de efeitos especiais

Megan Fox é mocinha em releitura da franquia, que há 20 anos não ganhava um filme com atores reais

15/08/2014 10:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Paramount Pictures/Divulgação
Filhotes do HQ, os bichos esquisitos que vivem no esgoto de Nova York estão outra vez em ação (foto: Paramount Pictures/Divulgação)
Há muito ainda a explicar sobre a relação dos “humanos” com bichos fake, que o digam Ana Maria Braga e o seu Louro José. Muito provavelmente vem desse “afeto” com os pets de mentira parte do sucesso das 'Tartarugas Ninja'. E não é que elas estão de volta? O retorno dos bichos esquisitos depois de 21 anos sem filmes com atores (apenas animações) aos cinemas arrecadou US$ 65 milhões nas bilheterias dos cinemas dos EUA e Canadá, no fim de semana de estreia, ganhando por ampla margem a disputa com a produção da Marvel 'Guardiões da galáxia'.

 

Confira trailer de 'As Tartarugas Ninja':

 

'As Tartarugas Ninja', retomada da franquia que surgiu nos anos 1980 nos quadrinhos e foi popularizada nos desenhos animados, arrecadou mais US$ 28,7 milhões nos mercados internacionais, somando um animador total global: US$ 93,7 milhões (nos países em que estreou, na semana passada). A surpresa é tanta que a distribuidora Paramount Pictures já anunciou a sequência com estreia marcada para 3 de junho de 2016.

No filme que chega este fim de semana a BH, a atriz Megan Fox interpreta uma repórter que se torna aliada das quatro tartarugas viciadas em pizza, que emergem do subsolo para combater o crime em Nova York. Afetados por uma substância radioativa, um grupo de tartarugas cresce anormalmente, ganha força e conhecimento. Vivendo nos esgotos de Manhattan, quatro jovens tartarugas, treinadas na arte de kung-fu, Leonardo, Rafael, Michelangelo e Donatello, junto com seu sensei, Mestre Splinter, têm que enfrentar o mal que habita cidade.

O projeto tem produção de Michael Bay, o mesmo de 'Transformers' (daí, por exemplo o fato de o vilão se parecer com um integrante deste filme). Com cenas de lutas que mais se parecem games, o longa parece ter endereço mais ou menos certo: amantes dos joguinhos, fãs das Ninjas e de filmes de visual bonito.

O diretor de fotografia, diga-se de passagem, é o brasileiro Lula Carvalho ('Robocop' e 'Tropa de elite'). Quem não é aficionado por elas, não precisa se preocupar, flashbacks revivem a história das Ninjas de maneira bastante didática. O roteiro traz algumas citações pop, com direito a referências a músicas, filmes e séries. Tudo, claro, com direito a muitos efeitos especiais.

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA