Diretor brasileiro disputa prêmio principal do Festival de Locarno

Entre 17 filmes, o longa "Ventos de agosto", de Gabriel Mascaro, está entre os selecionados para levar o troféu Leopardo de Ouro

06/08/2014 11:17

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Foto: Desvia Produtora/Divulgação
O longa-metragem "Ventos de agosto" é dirigido pelo pernambuco Gabriel Mascaro e está na disputa, na Suíça. (foto: Foto: Desvia Produtora/Divulgação)
O longa-metragem Ventos de agosto é o único filme brasileiro que concorre, a um dos mais cobiçados troféus do cinema internacional, na categoria principal do Festival de Locarno, que começa nesta quarta-feira (6), na Suíça. Entre 17 filmes, o diretor pernambucano Gabriel Mascaro (Doméstica) configura a lista. No programa Carte Blanche, o realizador brasileiro Camilo Cavalcante disputa com outro filme, Beco.

A abertura da 67ª edição do festival exibe a ficção científica Lucy, na qual Scarlett Johansson e Morgan Freeman são destaques. Quem faz parte do júri de Locarno é a atriz brasileira Alice Braga, que tem carreira internacional, ao lado de Rutger Hauer e Connie Nielsen.

 

Sinopse


Shirley é uma personagem de Ventos de agosto. Criada na cidade grande, ela vai morar em uma pacata vila do litorial para cuidar da avó. Lá, passa a trabalhar em uma plantação de coco, mas não perde o desejo de se tornar tatuadora. Na labuta, conhece Jeison, trabalhador braçal da fazendo que, nas horas vagas, gosta de pesca subaquática. O mês de agosto traz consigo ventos alísios que vêm de uma Zona de Convergência Intertropical. O clima insere na trama um pesquisador e o casal Shirley e Jeison se envolvem em uma jornada existencial.

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA