Filme pernambucano 'A história da eternidade' ganha festival de cinema de Paulínia

Longa recebeu os troféus Menina de Ouro de melhor direção, atriz, ator e prêmio da crítica

por Julio Cavani 28/07/2014 08:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 Aline Arruda/Divulgação
Camilo Cavalcante, diretor do filme 'A história da eternidade', premiado como melhor filme no Paulínia Film Festival (foto: Aline Arruda/Divulgação)
'A história da eternidade', de Camilo Cavalcante, foi o grande vencedor do 6º Paulínia Film Festival. Além de melhor filme, o longa-metragem recebeu os trofeús Menina de Ouro de melhor direção, atriz, ator e prêmio da crítica. Também de Pernambuco, 'Sangue azul', dirigido por Lírio Ferreira, venceu nas categorias de figurino e fotografia.

A pernambucana Clarissa Pinheiro, que está no elenco da produção carioca 'Casa grande', foi eleita a melhor atriz coadjuvante. Ao todo, o estado venceu oito troféus. Mais uma vez, portanto, o cinema pernambucano foi consagrado com uma das premiações mais importantes do país.

Em 2011, o pernambucano 'Febre do rato', de Cláudio Assis, foi o grande vencedor em Paulínia. Diferentes tipos de cinema foram representados pelos filmes exibidos na sexta edição do Paulínia Film Festival. As propostas estéticas e os meios de produção eram tão diferentes que mal seria possível fazer uma comparação. O vencedor não é necessariamente o melhor, apenas foi o que provocou um maior efeito nos jurados.

O nível da seleção, com curadoria de Rubens Edwald Filho, estava realmente bom, com longas-metragens de estatura cinematográfica ('Neblina' foi a única exceção, pois estava lá apenas para representar a cidade-sede, sem maiores critérios). Dos nove exibidos na mostra competitiva (sempre com projeção adequada), pelo menos cinco poderiam receber o troféu principal. Não havia um favorito.


LISTA COMPLETA DA PREMIAÇÃO

Filmes de longa-metragem
Melhor Filme: R$ 300.000,00: A HISTÓRIA DA ETERNIDADE, de Camilo Cavalcante
Melhor Direção: R$ 50.000,00: CAMILO CAVALCANTE, por A História da Eternidade
Melhor Ator: R$ 30.000,00: IRANDHIR SANTOS, por A História da Eternidade
Melhor Atriz: R$ 30.000,00: MARCÉLIA CARTAXO, ZEZITA MATOS E DEBORA INGRID, por A
História da Eternidade
Melhor Ator coadjuvante: R$ 15.000,00: MARCELLO NOVAES, por Casa Grande
Melhor Atriz coadjuvante: R$ 15.000,00: CLARISSA PINHEIRO, por Casa Grande
Melhor Roteiro: R$ 15.000,00: FELLIPE BARBOSA E KAREN SZTAJNBERG, por Casa Grande
Melhor Fotografia: R$ 15.000,00: MAURO PINHEIRO JÚNIOR, por Sangue Azul
Melhor Montagem: R$ 15.000: EVA RANDOLPH, por Aprendi a Jogar com Você
Melhor Som: R$ 15.000: THIAGO BELLO por Castanha
Melhor Direção de arte: R$ 15.000: CLAUDIO AMARAL PEIXOTO, por Boa Sorte
Melhor Trilha Sonora: R$ 15.000: JULIANA ROJAS, MARCO DUTRA E RAMIRO MURILO,
por Sinfonia da Necropole
Melhor Figurino : R$ 15.000,00: JULIANA PRYSTHON, por Sangue Azul
Especial Júri: R$ 100.000,00: FELLIPE BARBOSA, por Casa Grande

Filmes de curta-metragem
Melhor filme: R$ 30.000,00: O CLUBE, de Allan Ribeiro
Melhor Direção: R$ 20.000,00: ALLAN RIBEIRO, por O Clube
Melhor Roteiro: R$ 15.000,00: CAROLINA MARKOWICZ E FERNANDA SALLOUM, por Edifício
Tatuapé Mahal
Especial Júri: R$ 20.000,00: O BOM COMPORTAMENTO, de Eva Randolph

Prêmio do Público
Melhor longa-metragem: R$ 50.000,00: BOA SORTE, de Carolina Jabor
Melhor curta-metragem : R$ 20.000,00: O CLUBE, de Allan Ribeiro
JÚRI ABRACCINE - Associação Brasileira de Críticos de Cinema
Melhor longa-metragem: A HISTÓRIA DA ETERNIDADE, de Camilo Cavalcante
Melhor curta-metragem: O CLUBE, de Allan Ribeiro

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA