Paulínia terá exibição de duas produções brasileiras nesta sexta-feira

Festival será encerrado no domingo com homenagem a Cacá Diegues

por Estado de Minas 25/07/2014 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Festival de Paulínia/divulgação
Thales Cavalcanti interpreta Jean, protagonista do longa-metragem carioca 'Casa grande' (foto: Festival de Paulínia/divulgação )

 São Paulo – Duas elogiadas produções nacionais serão exibidas hoje no 6º Paulínia Festival, em São Paulo. Casa grande, do cineasta carioca Fellipe Barbosa, e Sangue azul, do pernambucano Lírio Ferreira, disputam a mostra competitiva de longas.

O primeiro estreou no festival de Roterdã, na Holanda, e conta a história de um rapaz da Zona Sul do Rio de Janeiro que enfrenta a derrocada econômica de sua família. O elenco reúne Thales Cavalcanti, Marcelo Novaes e Suzana Pires. Lírio rodou Sangue azul em Fernando de Noronha (PE), há dois anos. O point turístico é cenário da história de Zolah, que volta à ilha depois de 20 anos em busca de um amor. Daniel de Oliveira, Caroline Abras, Rômulo Braga e Sandra Coverloni participam do elenco.

Amanhã, a mostra competitiva exibirá A história da eternidade, de Camilo Cavalcante, com Irandhir Santos, e Infância, do diretor Domingos Oliveira, com os atores Fernanda Montenegro e Paulo Betti.

O festival será encerrado domingo. A última sessão terá homenagem a Cacá Diegues, de 74 anos, nome de destaque do Cinema Novo e diretor de filmes brasileiros emblemáticos, como Bye bye Brasil e Xica da Silva.

A cerimônia de encerramento contará com a presença da atriz Jacqueline Bisset e do diretor Abel Ferrara, que assina o filme Bem-vindo a Nova York, que será exibido em Paulínia. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA