Autobots e Decepticons promovem outro caos urbano em novo 'Transformers'

Filme é dirigido por Michael Bay e tem produção executiva de Steven Spielberg. Estreia acontece em 43 salas de cinema só na Grande BH

por Estado de Minas 18/07/2014 09:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Paramount Pictures/Divulgação
(foto: Paramount Pictures/Divulgação)
A aposta é alta e o número de cópias avassalador. 'Transformers: A era da extinção', que já vinha fazendo pré-estreias no circuito cinematográfico há algum tempo, entra em cartaz em nada menos de que 43 salas de Belo Horizonte, Betim e Contagem, 24 delas com, cópias em 3D (para abalar ainda mais os nervos). Mescla de ação, aventura e ficção científica, a coprodução dos Estados Unidos e China é baseada na linha de brinquedos e série animada da Hasbro, 'Transformers'.

O novo longa dirigido por Michael Bay tem produção executiva do mago de Hollywood em se tratando de filmes do gênero, ninguém menos que Steven Spielberg. Esse é o quarto título em live-action da série iniciada em 2007 com 'Transformers'. Depois vieram 'Transformers – A vingança dos derrotados' (2009) e 'Transformers: O lado oculto da lua' (2011). 'Transformers: A era da extinção' começa exatamente quatro anos depois dos acontecimentos em Chicago (EUA), que encerraram o longa anterior.

Para quem está voando: o que houve em Chicago foi um grande confronto entre Autobots e Decepticons e os gigantescos robôs alienígenas desapareceram. Agora, eles são caçados pelos humanos, que preferem a morte a ter que passar por tudo outra vez. As coisas parecem bem até que Cade (Mark Wahlberg) encontra um caminhão abandonado. Ele jamais poderia imaginar que o veículo é na verdade Optimus Prime, líder dos Autobots. E muito menos que, ao ajudar a trazê-lo de volta à vida, ele e sua filha Tessa (Nicola Peltz) passariam a ser procurados pelas autoridades norte-americanas.

Este é o primeiro longa da série que não tem a participação de Shia LaBeouf, ator principal nos três primeiros filmes. Na realidade, o elenco foi totalmente renovado, com a exceção de três robôs: Autobots, Optimus Prime e Bumblebee. Além de Wahlberg e Peltz, estrelam o longa Jack Reynor (como Shane Dyson); Kelsey Grammer (Harold Attinger); Stanley Tucci (Joshua Joyce); Titus Welliver (James Savoy); Sophia Myles (Darcy Tirrel); e Bingbing Li (Su Yuerning).

Emoções até no set
Durante as filmagens de Transformers: A era da extinção ocorreu um fato bizarro, que culminou com o ferimento do diretor Michael Bay no rosto. Dois homens atacaram a equipe no set, exigindo dinheiro e, depois de um bate-boca, machucaram Bay, que confirmou em seu site oficial que a equipe realmente sofreu, sem sucesso, tentativa de extorsão. Quatro homens foram presos, durante a confusão.

Reality show

Parte de 'Transformers: A era da extinção' foi rodado na China, onde a produtora Paramount promoveu um reality show para escalar atores para o filme. O programa 'Transformers 4 Chinese Actor Talent Search' foi idealizado por Lorenzo DiBonaventura e Sid Ganis. O resultado foi a inclusão no elenco de quatro personagens, dois preenchidos por atores profissionais e dois por amadores.

Diretor dos filmes anteriores, Michael Bay chegou a declarar que não faria o quarto filme da franquia, mas acabou voltando atrás. O produtor Lorenzo de Bonaventura diz que o filme é uma mistura de reboot com continuação.

No Brasil, o novo filme, de orçamento salgado (custou US$ 210 milhões) já vendeu cerca de 1,3 milhão de ingressos, antes mesmo de estrear. Nos Estados Unidos, a estreia foi em 27 de junho.

 

Assista ao trailer do quarto filme de 'Transformers':

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA