Os Muppets voltam às telonas com novo fôlego em 'Procurados e amados'

Novo filme da turma de bonecos conta com Ricky Gervais no elenco

por Agência Estado 28/06/2014 18:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
(foto: Divulgação)
Depois da aventura de 'Os Muppets' (2011), Kermit, o sapo que para os fãs da série criada nos anos 70 vai ser sempre Caco, Miss Piggy e toda a trupe voltam à cena em 'Os Muppets - Procurados e amados'. Desta vez, conseguem um novo empresário, Dominic Badguy (o ótimo Ricky Gervais), que promete dar a eles a chance de fazer uma turnê mundial. E é exatamente a turnê que desencadeia a comédia de erros que faz de Os Muppets 2 - Procurados e Amados uma bem-sucedida sequência.

Por falar em sequência, é a referência, e a ironia ao fato de estarem justamente pegando carona no sucesso do primeiro filme uma das melhores qualidades de Muppets 2. “Uma sequência. É mais um musical. Foi um pedido popular. Em Hollywood é natural. As continuações nunca chegam aos pés do original. O estúdio decidiu que a franquia é legal”, cantam os Muppets em um número musical para comemorar o segundo filme.

No entanto, o que começa em ótimo ritmo e piadas que também fazem sucesso com os adultos acaba se tornando mais uma clássica sequência. Muppets 2 de fato não supera seu original. Dirigido por James Bobin (do n.º 1), o segundo filme prova que eles continuam divertidos e fazendo a alegria do público infantil, mas, além da ironia com a sequência, os adultos vão gostar mesmo é das participações especiais de nomes como Salma Hayek, Ty Burrell (o investigador francês da Interpol) e Ray Liotta, colega de prisão de Kermit.

Por que Kermit teria um companheiro de prisão? Vamos à trama criada pela dupla Bobin e Nicholas Stoller (de As Viagens de Gulliver). Depois que o empresário convence os Muppets a embarcar na turnê, eles caem na armadilha do maior criminoso da história, Constantine, um sapo (quase) igual a Kermit.

A diferença é uma verruga que ele esconde com maquiagem. Constantine manda Kermit para um presídio na Sibéria, controlado pela ‘generala’ Nadya (Tina Fey). Ela cai de amores por Kermit e o convence a dirigir um musical na prisão.

Enquanto isso, os Muppets começam a notar atitudes estranhas do falso Kermit, como deixá-los fazer tudo que querem e estar apaixonado demais por Miss Piggy. “Meus colegas de prisão, como Danny Trejo e Ray Liotta, têm muito talento e a gente passou momentos ótimos. O pior foi o clima. Muito frio. Não é fácil ser verde, mas é pior ficar azul de frio”, contou Kermit ao jornal O Estado de S.Paulo.

O investigador da Interpol (Ty Burrell) não vai deixar essa história mal resolvida e mais trapalhadas acontecem à medida que a investigação avança. No mais, ponto para a técnica de fantoches, que, em tempos de superanimações 3D, ainda conserva a magia e a graça artesanal desta trupe.

 

Veja o trailer de 'Os Muppets - Procurados e amados':

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA