Pierre Étaix vai ser homenageado no Cine Humberto Mauro

Mostra com cinco longas e três curtas do artista francês vai até 1º de julho

por Carolina Braga 26/06/2014 08:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
ALAIN CUVELIER/AFP
Pierre Étaix ganha mostra no Cine Humberto Mauro (foto: ALAIN CUVELIER/AFP)
Aos 85 anos, o palhaço, humorista e diretor de cinema Pierre Étaix ainda está em atividade. A celebração pelos 60 anos de carreira em Belo Horizonte, no entanto, não será exatamente em palcos ou picadeiros, mas no cinema. O ator – e autor – francês é tema da nova mostra a ser realizada pelo Cine Humberto Mauro. A partir de sábado, até 1º de julho, uma pequena retrospectiva estará em cartaz na sala.

Serão exibidos cinco longas e três curtas-metragens, todos em cópias digitais (DCP). A abertura será com 'O enamorado' (1963), seguido por 'YoYo' (1965), ambos da década de ouro da produção dele. Pierre Étaix se tornou conhecido internacionalmente ao trabalhar com Jacques Tati e Jerry Lewis. Alguns dos filmes ficaram proibidos por mais de 20 anos, graças a um processo judicial. A liberação só saiu em 2010, junto com a restauração das obras.

Pierre Étaix dirigiu 14 filmes e trabalhou como ator em outras 33 produções. Em 2011, recebeu o Oscar honorário pela carreira e em 1963 levou a estatueta pelo curta Feliz aniversário. Ele nasceu em 1928, na França, e ainda criança foi seduzido pelo universo do circo. Toda a trajetória profissional foi construída em torno da comédia. Seu colaborador frequente foi o roteirista Jean-Claude Carrière, que também trabalhou com Luis Buñuel.

O QUE VER

» Sábado
16h: O Enamorado (Le soupirant, França, 1963); 18h: YoYo (França,1965); 20h: Sessão de Curtas: Ruptura (Rupture, 1961); Feliz aniversário (Heureux anniversaire, 1962); Em plena forma (En plein forme, 1966)

» Domingo
16h: Enquanto tivermos saúde (Tant qu’on a la santé, França, 1966); 18h: País da Cocanha (Pays de Cocagne, França, 1971); 20h: Grande amor (Le grand amour, França, 1969)

Cine Humberto Mauro, Av. Afonso Pena, 1.537, Centro. Entrada franca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA