Após cinco anos anunciada, casa de 'Curtindo a vida adoidado' é vendida

Confira outras famosas casas que já estiveram disponíveis para compra

por Correio Braziliense 04/06/2014 10:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
A Ferrari de Cameron Frye, melhor amigo de Ferris Bueller - ambos personagens do longa Curtindo a vida adoidado (1986), interpretados por Alan Ruck e Mathew Broderick -, perdeu a famosa garagem de vidro. Após passar cinco anos à venda, a casa que ambientou trecho do filme foi arrematada esta semana, pelo valor de US$ 1,06 milhões. Esta não é a primeira vez que um cenário icônico de Hollywood esteve disponível para compra. Confira na galeria abaixo:

1) Curtindo a vida adoidado (1986)

Reprodução
(foto: Reprodução)


Projetado em 1953 pelo arquiteto norte-americano A. James Speyer, a residência de quatro cômodos e uma espécie de garagem de vidro, construída em Highland Park, em Illinois (EUA), tornou-se famosa por sediar a Ferrari pertencente ao pai de Cameron Frye (Alan Ruck), melhor amigo do protagonista Ferris Bueller (Mathew Broderick). No entanto, o compartimento transparente só passou a compor o lote em 1974. O imóvel esteve à venda desde 2009, quando teve o preço inicial estipulado em US$ 2,3 milhões. Em 2011, o valor passou para US$ 1,6 milhões. Esta semana foi adquirida por US$ 1,06 milhões.

2) Esqueceram de mim (1990)

Reprodução
(foto: Reprodução)


Em 2012, a casa da família McCallister, onde Macauley Culkin (na pele de Kevin) passou as férias sozinho, esquecido pos parentes, foi vendida por US$ 1,58 milhões - o preço inicial era de US$ 2,4 milhões. A residência que ambientou o longa, sediada próximo de Chicago, tem três andares e 14 cômodos.  

3) O poderoso chefão (1972)

Reprodução
(foto: Reprodução)


Na ficção, a residência dos Corleone completava um condomínio fechado e vigiado por vários mafiosos nova-iorquinos. Construído em 1951, o imóvel que tornou-se famoso em O poderoso chefão por sediar a recepção do casamento de Connie (Talia Shire), filha de Don Corleone (Marlon Brando), foi posto à venda por US$ 2,9 milhões em 2010. Compõem a casa oito quartos, cinco banheiros e uma garagem para quatro carros.

4) O poderoso chefão (1972)

Reprodução
(foto: Reprodução)


Outro ambiente de O poderoso chefão - este um pouco mais sinistro - também foi colocado a venda há alguns anos. A mansão sediada em Los Angeles, construída na década de 1920, com 36 banheiros, uma sala de jantar que comporta 400 pessoas, três piscinas e 29 quartos, participou de uma das cenas mais icônicas da história do cinema. Lá, Don Corleone (Marlon Brando) enviou uma cabeça de cavalo para intimidar o cineasta Jack Woltz (John Marley). Inicialmente colocada a venda por US$ 165 milhões, o valor foi reduzido este ano para US$ 135 milhões.

5) Crepúsculo (2008)

Reprodução
(foto: Reprodução)


A residência dos Cullen, em Vancouver (Canadá), marcada por receber vampiros e lobisomens, do universo criado por Stephenie Meyer, levado ao cinema por Catherine Hardwicke, será habitada por uma família que desembolsou cerca de US$ 3 milhões. A casa que serviu de ambiente para o romance de Edward Cullen (Robert Pattinson) e Bella Swam (Kristen Stewart) tem cinco quartos e quatro banheiros.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA