Fãs comemoram Dia de Star Wars e esperam novidades de filme que estreará em 2015

Novo longa da saga tem data prevista de estreia para 18 de dezembro do ano que vem

por Lucas Lavoyer 05/05/2014 10:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
CB / D.A Press
Hermes Terceiro, ao lado do seu R2 D2, tem tantos objetos do universo Star Wars que diz ser impossível catalogá-los (foto: CB / D.A Press)
Prestes a completar 37 anos desde a estreia do primeiro longa, Star Wars ainda tem força, e em demasia. A saga de George Lucas, iniciada em 25 de maio de 1977 com 'Episódio IV — Uma nova esperança', faz aniversário em três semanas, mas foi celebrado neste domingo o Dia de Star Wars — se pronunciado em inglês, o dia 4 de maio faz trocadilho com a frase emblemática do universo dos jedis e siths, traduzida em “que a força esteja com você”. Uma série de eventos e maratonas ocorre então ao redor do mundo.

Em 2014, a expectativa em torno da data é ainda maior do que nos anos anteriores. A legião fidedigna de admiradores aguarda anúncios da Disney, da produtora Lucasfilm e do cineasta J.J. Abrams, acerca do novo longa, previsto para estrear em 18 de dezembro de 2015. De Londres, onde estão os tradicionais estúdios Pinewood, o diretor nova-iorquino deve revelar detalhes sobre a trama que englobará o 'Episódio VII', pontapé de partida para outra trilogia, com enredo independente das demais películas.

Na maior página dedicada à celebração no Facebook, 'Star Wars day — may the 4th (be with you)', há 21 mil seguidores e informações sobre eventos oficiais marcados por todo o mundo, da Austrália ao Brasil. Em São Paulo, a Disney organizou, em parceria com a Corpore Brasil, a 'Star Wars run', corrida de 6km que reuniu 5 mil fãs da série de George Lucas inscritos. A largada foi dada exatamente à 0h01 deste domingo, para corredores vestidos a caráter e impulsionados pela mesma paixão.

Expectativa

O fascínio causado por Star Wars extrapola barreiras de gêneros e faixas etárias. Apaixonado pela saga, o figurinista e colecionador Hermes Terceiro, 42 anos, tem um acervo com milhares de objetos do universo criado por George Lucas e participou da fundação do extinto Conselho Jedi do DF, que organizava encontros com fãs pela cidade. “É muito bem escrito, é como se fosse um conto de fadas ambientado no espaço. Impossível contar quantos objetos fiz ou comprei desde 1978, levaria muito tempo para catalogar”, comentou.

O designer e ilustrador Daniel Leite, 39 anos, é outro fã declarado. Ele perdeu as contas de quantas vezes assistiu aos filmes e gastou o preço de um carro popular em apenas um dos milhares de suvenires — um capacete do Darth Vader feito do molde original usado no Episódio IV. “Pedi minha esposa, Raquel, em casamento no terceiro encontro, só por me perguntar ‘eu amo a trilogia de Guerra nas Estrelas, e você?’”, brincou.

Segundo o professor de comunicação da Universidade de Brasília (UnB) João Batista, a força de Star Wars vem da forma como foi construído e das inspirações do autor. “Guerra nas estrelas é uma fusão da inspiração filosófica de Joseph Campbell e da estética do cineasta Akira Kurosawa, que serviram de base para George Lucas, diretor inteligente e forte. Ele traduz narrativas mitológicas em textos modernos, todo mundo gosta disso”, apontou.

Episódio VII

Para adquirir os direitos de Star Wars e produzir uma trilogia, a Disney escancarou o cofre. A empresa desembolsou valor superior a US$ 4 bilhões, em outubro de 2012, para gravar e exibir os novos longas, que não podem ter vínculo com os seis primeiros. J.J. Abrams, responsável por 'Star Trek' (2009) e 'Star Trek — Além da escuridão' (2013), foi escolhido a dedo para produzir e dirigir os novos títulos, iniciado com o 'Episódio VII'.

Embora o anúncio oficial relacionado à trama e à produção estivesse previsto apenas para este domingo, declarações e flagrantes publicados pela imprensa fomentam ideias do que pode estar por vir. A nova película deve ser alicerçada sobre história ambientada de 30 a 50 anos após o fim de 'Episódio VI — O retorno de jedi' (1983), centrada nos filhos dos principais personagens da trilogia lançada entre 1977 e 1983.

No último 29 de abril, Abrams revelou o elenco que participará do longa, sem direcionar qualquer nome a personagens. “Estamos animados por finalmente divulgar o elenco de 'Star Wars — Episódio VII'. É ao mesmo tempo emocionante e surreal ver o amado elenco original e os novos brilhantes atores trabalhando juntos para trazer esse mundo à vida, outra vez”, declarou Abrams, sem mencionar qualquer trecho do enredo. As filmagens devem começar em algumas semanas.

A tendência é de que o protagonista Luke Skywalker, interpretado por Mark Hamill na primeira saga, retorne às telonas, acompanhado da esposa, Mara Jade Skywalker, e do filho, Ben Skywalker, ambos ausentes em qualquer outro longa já exibido — ainda especula-se que os dois personagens não poderão carregar os nomes criados por George Lucas, devem sofrer alterações.

Suposições


O casal formado por Han Solo, vivido por Harrison Ford, e Princesa Leia Organa, interpretada por Carrie Fisher, ao lado dos filhos, também deve matar a saudade dos fãs. Inclusive, Ford e Hamill desembarcaram em Londres há poucos dias e foram flagrados perambulando pelos sets da Pinewood, o que reforçou suposições sobre o enredo desenvolvido e trabalhado por Abrams.

Para o crítico Vinícius Brandão, responsável pelo portal Velha Onda, especializado em cinema, vídeo e tevê, as pistas analisadas até o momento sugerem a produção de um filme, no mínimo, interessante. “Abrams parece estar fazendo as escolhas certas, retomou atores da série antiga e a equipe relacionada é muito boa. Na produção tem Kathleen Kennedy, veterana em filmes do estilo. O próprio George Lucas está supervisionando a história”, comentou.

Além disso, o premiado compositor John Williams volta a trabalhar com a composição da trilha sonora de Star Wars — ele participou de todos os seis primeiros filmes, ganhando um Oscar com Episódio IV — Uma nova esperança. A produção ficará a cargo de Kathleen Kennedy ('De volta para o futuro' e 'Jurassic park') e Bryan Burk ('Star trek' e 'Lost') e o roteiro será de Lawrence Kasdan ('Episódio V — O império contra-ataca' e 'Episódio VI — O retorno de jedi').

Você sabia…

Star Wars é sucesso nos cinemas, na tevê, nos livros e nos vídeogames. Desde o início dos longas, foram veiculados em torno de 150 jogos, para todas as plataformas.

Os seis primeiros filmes foram indicados 25 vezes ao Oscar. Em 10 ocasiões, levaram estatuetas.

Em dezembro de 2013, a saga ganhou um perfil oficial no Instagram. A primeira foto publicada foi uma “selfie” de Darth Vader. Em menos de um dia, 68 mil pessoas curtiram o perfil. Hoje, há mais de 380 mil seguidores.

Os seis filmes já acumularam mais de US$ 4,388 bilhões apenas com bilheteria.

O elenco

J.J. Abrams anunciou o seguinte elenco, em 29 de abril: John Boyega, Daisy Ridley, Adam Driver, Oscar Isaac, Andy Serkis, Domhnall Gleeson e Max von Sydow devem se juntar aos intérpretes da primeira saga, Harrison Ford (Han Solo), Carrie Fisher (Princesa Leia Organa), Mark Hamill (Luke Skywalker), Anthony Daniels (C-3PO), Peter Mayhew (Chewbacca) e Kenny Baker (R2-D2).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA