Jorge Furtado leva o prêmio de melhor documentário no festival Cine PE 2014

Troféu Calunga de melhor filme de ficção sai nesta sexta-feira

por Carolina Braga 01/05/2014 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fábio Rebelo/Divulgação
Jorge Furtado dirige cena de 'O mercado de notícias' (foto: Fábio Rebelo/Divulgação)
'O mercado de notícias', com o afiado olhar do diretor Jorge Furtado para o modo como se faz jornalismo no Brasil, faturou o prêmio de melhor documentário no festival Cine PE 2014. Na edição em que o Troféu Calunga será entregue em duas etapas – primeiro documentários e curtas, depois ficção (o resultado sai amanhã) –, o longa sobre a mídia ficou também com o prêmio do júri popular.

“Fiz um filme brasileiro que defende o bom jornalismo. Sem ele não há democracia possível”, afirmou Furtado.

O português Joaquim Pinto levou o prêmio de melhor diretor pelo documentário 'E agora? Lembra-me'. 'Au revoir', de Milena Tirnes, venceu a mostra de curtas pernambucanos. Ela também levou o troféu de melhor direção. A competitiva de curtas nacionais premiou 'Tubarão', de Leo Tabosa.

Realizada no Teatro dos Guararapes, em Olinda, a cerimônia prestou homenagem a Laura Cardoso, de 85 anos, atriz de cinema, TV e teatro que atuou em 29 filmes. “Sem falsa modéstia, acho que não mereço isso tudo. Amo a terra do grande Ariano Suassuna”, disse Laura, dedicando o prêmio ao amigo José Wilker, também homenageado pelo Cine PE.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA