Aos 105 anos, Manoel de Oliveira volta à direção em curta-metragem

Cineasta português dirige obra inspirada em trecho de 'Os Lusíadas' na cidade do Porto

por AFP 08/04/2014 19:53

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

AFP PHOTO/ MIGUEL RIOPA
Manoel de Oliveira vair dirigir 'O velho do Restelo', curta inspirado em trecho de 'Os Lusíadas' (foto: AFP PHOTO/ MIGUEL RIOPA )
Decano mundial dos cineastas, Manoel de Oliveira, que em dezembro completou 105 anos, volta ao trabalho esta semana no Porto, sua cidade natal, para filmar um curta-metragem. "Finalmente conseguiu o financiamento que esperava há vários meses", declarou Adelaide Maria Trepa, filha do cineasta.

As filmagens do novo curta-metragem, também confirmadas pela produtora O som e a Fúria, acontecerão na cidade do Porto, onde Oliveira começou nos anos 30 com o filme 'Douro, faina fluvial', um documentário mudo sobre as margens do rio Douro.

 

O novo filme, que tem o título 'O velho do Restelo', é inspirado em um personagem do poema épico 'Os Lusíadas', escrito no século XVI por Luís de Camões para relatar as grandes descobertas marítimas dos navegantes portugueses.

 

O projeto de Manoel de Oliveira foi adiado por um contexto muito difícil para o cinema português, que sofre com os cortes orçamentários do governo para atender as exigências dos credores internacionais do país. O diretor, que tem mais de 50 longas-metragens de ficção e documentários no currículo, e que foi hospitalizado em várias ocasiões em 2012 por complicações após uma infecção, não quer ouvir falar de aposentadoria. "Está muito concentrado nas filmagens", explicou a filha.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA