Filme 'Periscópio' inaugura a nova edição do projeto Curta Circuito

Longa de Kiko Goifman, com João Miguel e Jean-Claude Bernardet, será exibido nesta segunda-feira

por Estado de Minas 17/03/2014 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

PaleoTV/Divulgação
(foto: PaleoTV/Divulgação)
O diretor Kiko Goifman estava em um bar no Centro de São Paulo, bebendo em companhia da mulher e cineasta Claudia Priscilla e do crítico, ator e diretor Jean-Claude Bernardet, quando o roteiro de Periscópio veio à tona. “Jean-Claude falou sobre o desejo de fazer um novo filme comigo. Na época, estava envolvido com um grande projeto com o SescTV, uma série deliciosa de fazer com jovens, chamada HiperReal. Conversei com meu sócio e parceiro Jurandir Muller, e resolvemos que aquele seria nosso próximo projeto”, conta o diretor, cujo longa-metragem inaugura hoje à noite, no Cine Humberto Mauro, do Palácio das Artes, nova edição do projeto Curta Circuito – Mostra de Cinema 2014.

Segundo Goifman, Jean-Clube escreveu 40 sequências e lhe enviou. “Sabíamos que ele seria o ator e eu dirigiria. O filme tem relação forte com o que ele vivia naquele momento. Entrei com tudo na história. Jean-Claude é uma pessoa fácil de trabalhar. Fiz muitas alterações e ele topou tudo”, acrescenta Goifman. O longa foi integralmente rodado em um apartamento na cidade de São Paulo, onde dois homens vivem conflitos, brigas e muita ironia. Tudo parece ter chegado ao fim, o tempo está congelado e a iminência da morte marca o cotidiano. Subitamente, um objeto de ferro e luz rasga o assoalho do imóvel. A rotina se quebra, as mudanças são radicais. Também no elenco, o ator João Miguel.

A relação do diretor mineiro com o artista belga radicado no Brasil vem da época em que Kiko Goifman fez 33 e Jean-Claude gostou. Apesar de nascida no cinema, a história entre os dois transcende. Kiko e Jean-Claude tornaram-se amigos. “Não lido com o ‘mito’ do cinema. Lido com um amigo, ora legal, ora chato. Mas, que ele não leia isso, eu o amo”, declara o cineasta.


PERISCÓPIO
Nesta segunda-feira, 19h. Cine Humberto Mauro, do Palácio das Artes, Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro. Exibição do filme de Kiko Goifman. Classificação indicativa: 14 anos. Capacidade da sala: 129 lugares. Após a exibição haverá debate com a participação do diretor e de Jean-Claude Bernardet. Os ingressos poderão ser retirados meia hora antes da sessão. Informações: (31) 3236-7300. Entrada franca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA