Cinema ibero-americano terá o seu Oscar

O evento é promovido por duas entidades internacionais

por Estado de Minas 15/03/2014 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Prêmios Platino/Divulgação
O troféu do Prêmios Platino foi criado pelo designer espanhol Javier Mariscal (foto: Prêmios Platino/Divulgação)
Em 5 de abril, a Cidade do Panamá vai sediar a primeira entrega do Prêmios Platino, premiação que nasce com a proposta de se tornar um dos mais importantes instrumentos de fomento e apoio ao cinema da América Latina, de Portugal e da Espanha.

O evento é promovido por duas entidades internacionais: a Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais (Egeda), que representa mais de 7 mil produtores no mundo todo; e a Federação Ibero-americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (Fipca), que promove coproduções entre países do grupo, reunindo produtores de 17 países. Seu vice-presidente é o espanhol Agustín Almodóvar, produtor dos filmes do irmão, Pedro Almodóvar.

Do Brasil, concorrem às indicações os 69 longas de ficção, os 56 documentários e as duas animações que foram lançadas nos cinemas em 2013. Os brasileiros concorrerão com filmes de outros 21 países: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Os escolhidos para concorrer ao prêmio de melhor filme ibero-americano de ficção são: Gloria (Chile); Heli (México); La jaula de oro (México); Wakolda (Argentina); Las brujas de Zugarramurdi (Espanha); Roa (Colômbia) e Vivir es fácil con los ojos cerrados (Espanha). O Brasil marca presença na disputa pelo prêmio de animação com Uma história de amor e fúria, de Luiz Bolognesi; e de melhor documentário com O dia que durou 21 anos, de Camilo Galli Tavares.Veja a relação dos indicados em www.premiosplatino.com.

A cerimônia de entrega dos prêmios será em 5 de abril, no Teatro Anayansi, um dos mais tradicionais e imponentes da Cidade do Panamá, e será precedida de tapete vermelho com astros e estrelas do cinema latino, incluindo os indicados. O troféu Platino, criado pelo designer espanhol Javier Mariscal, é a figura de uma mulher ancestral com os braços estendidos ao alto. Ao centro dessa figura feminina, a Terra com o mapa da América Latina.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA