Representante brasileiro, 'O som ao redor' fica fora da disputa pelo Oscar

O anúncio foi feito no início da tarde desta sexta-feira pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood

por Diário de Pernambuco 20/12/2013 17:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
Filme estava entre os favoritos da imprensa internacional (foto: Divulgação)
Representante brasileiro na disputa por uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, O som ao redor, dirigido pelo pernambucano Kleber Mendonça Filho, não está entre os nove finalistas. O anúncio foi feito no início da tarde desta sexta-feira pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

 

Confira fotos do longa

 

Cinco dos nove concorrentes serão indicados ao prêmio. A lista final com todas as categorias será divulgada no dia 16 de janeiro. A cerimônia de premiação em Los Angeles está marcada para o dia 2 de março.


Veja a lista de concorrentes a uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro:

The Broken Circle Breakdown (Bélgica), de Felix van Groeningen

An Episode in the Life of an Iron Picker (Bósnia e Herzegovina), de Danis Tanovic

The Missing Picture (Camboja), de Rithy Panh

A caça (Dinamarca), de Thomas Vinterberg

Two Lives (Alemanha), de Georg Maas

The Grandmaster (Hong Kong), de Wong Kar-wai

The Notebook (Hungria), de Janos Szasz

A grande beleza (Itália), de Paolo Sorrentino

Omar (Palestina), de Hany Abu-Assad

Kleber Mendonça Filho postou, no Facebook, uma mensagem de agradecimento a todos os que torceram pelo filme:

"Para agradecer aos amigos e muita gente que eu não conheço pessoalmente, e aos muitos admiradores desse trabalho, e que apoiaram, incentivaram e gostavam da idéia de O SOM AO REDOR ter uma indicação ao Oscar. Saiu a lista há pouco, o filme não foi incluído. Faz parte. Por mais que eu visse esse processo como mais um momento como tantos outros que O SOM AO REDOR já teve, a expectativa das pessoas parecia dar uma carga maior para essa mesma etapa, o que é compreensível. No mais, fiz o melhor trabalho que poderia ter sido feito, no Brasil e em Los Angeles para divulgar o filme, sempre ele (o filme) indo na frente e eu tentando acompanhar atrás. Obrigado ao Ministério da Cultura, Ancine, Ministério das Relações Exteriores, Vitrine Filmes, Steven Raphael e MJ Peckos. Próximo passo para O SOM AO REDOR: Lançamento na França. Em Fevereiro."

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA