Mostra de cinema em São Paulo destaca animação 'Até que a Sbórnia nos separe'

Com direção de Ennio Torresan Jr. e Otto Guerra, filme narra cidade que é atingida pelos reflexos da modernidade. 37ª edição do evento até o até o dia 31

por Estado de Minas 24/10/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Mostra SP/Reprodução
(foto: Mostra SP/Reprodução)
Destaque da 37ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo da noite desta quinta-feira é a animação 'Até que a Sbórnia nos separe'. O filme, com direção de Ennio Torresan Jr. e Otto Guerra, mostra o que ocorre quando o muro que separa um pequeno país chamado Sbórnia do resto do mundo cai acidentalmente. Parado no tempo, o povo da Sbórnia é agora atingido pelos ventos da modernidade vindos da cidade grande.

Os conflitos causados pelo violento choque cultural bagunçam a vida dos protagonistas Kraunus e Pletskaya, dois conhecidos músicos sbornianos. Como consequência da interferência continental nos arraigados hábitos da Sbórnia, alguns nativos fazem acordar velhas crenças adormecidas e se põem a resgatar sua identidade como sbornianos. O filme é baseado no espetáculo Tangos & tragédias, criado por Hique Gomez e Nico Nicolaiewsky.

O roteiro é de Rodrigo John e Tomas Creus e a montagem de Pedro Harres, Ennio Torresan Jr. e Otto Guerra. No elenco, Hique Gomez, Nico Nicolaiewsky, Otto Guerra, André Abujamra, Arlete Salles e a pato fu Fernanda Takai, que dubla a personagem Cocliquot.

A Mostra Internacional de Cinema de São Paulo segue até o dia 31, em vários espaços da capital paulista.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA