Em 'A família', Robert De Niro vive mais um personagem do crime organizado

Comédia de humor negro, o filme de Luc Bresson se destaca pelo elenco

por Mariana Peixoto 20/09/2013 08:50

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Paris Filmes/Divulgação
(foto: Paris Filmes/Divulgação)
Numa cidadezinha perdida da Normandia um mafioso delator, que vive há anos dentro do programa de proteção à testemunha, está em uma obscura sala de projeção. Junto ao agente do FBI que segue seus passos dia-a-dia há anos, ele assiste, junto à população local, ao filme 'Os bons companheiros'. Ao final da exibição, o mesmo homem – que todos acreditam ser um escritor norte-americano que se mudou com a família para o interior da França – empolga-se com o filme e comenta, cena após cena, toda a clássica saga sobre mafiosos. Por si só, a cena já é engraçada. Ganha um aditivo porque o tal mafioso, aqui na pele de um literato, é vivido por Robert De Niro, um dos protagonistas do longa-metragem lançado em 1990 por Martin Scorsese.

Confira os horários das sessões


'A família', filme de Luc Besson, é inspirado em 'Malavita', livro do escritor francês de romances policiais de Tonino Benacquista. Nos EUA, por sinal, o livro foi lançado como 'Badfellas' (Os maus companheiros em tradução livre), um trocadilho com 'Goodfellas', título original do filme de Scorsese (por sinal, produtor de 'A família'). Essa é apenas uma referência para quem acompanha a carreira de De Niro. Outras mais virão ao longo dessa comédia de humor negro, que se destaca pelo elenco.

Na família de Giovanni Manzoni/Fred Blake (o nome que o personagem de De Niro usa na vida fictícia), sua mulher, Maggie Blake (Michelle Pfeiffer, impecável) não tem nada a ver com as antigas companheiras de mafiosos. É capaz de explodir um supermercado única e exclusivamente por não ter gostado nada do tratamento recebido (os franceses olham com desleixo para a americana que procura manteiga de amendoim). Sua filha, Belle (a loirinha Dianna Agron, do seriado 'Glee'), sabe muito bem como responder à altura ao assédio que sofre dos novos colegas de escola (sobram socos e pontapés). E o caçula, Warren (John D'Leo, o melhor do filme), já aos 14 anos é capaz de negociatas com colegas de colégio.

Acompanhando a trajetória dos Blake, está o agente Robert Stansfield (Tommy Lee Jones, correto como sempre). De Niro se perde quando resolve fazer graça como o personagem Jack Byrnes da série 'Entrando numa fria'. Mas não chega a atrapalhar, ainda mais quando se sai com pérolas como “Você pode expressar todas as emoções humanas com apenas uma palavra: ‘Fuck’” (a título de curiosidade, a tal palavrinha de quatro letras é falada quase 250 vezes em 'Os bons companheiros').

Ainda que o riso não venha fácil (e nem é essa a intenção de Besson), as situações são bem divertidas, pois giram em torno do choque cultural: o consumo absurdo de creme de leite pelos franceses; a maneira como os vizinhos vão participar de um churrasco dos Blake. O fato de toda população local falar inglês não chega a incomodar, pois é tudo tão surreal que não dá para se levar nada muito a sério.

De niro e a máfia

» 1974 – Ganha o Oscar (seu primeiro) de ator coadjuvante pelo jovem Vito Corleone de 'O poderoso chefão – Parte 2', de Francis Ford Coppola

» 1984 –Protagoniza, ao lado de James Woods, do épico 'Era uma vez na América' (de Sergio Leone), história de dois amigos que se tornam rivais. A máfia judaica em Nova York é o pano de fundo

» 1987 – Encarna o bandidão Al Capone em 'Os intocáveis', de Brian De Palma, que gira em torno dos agentes que, nos anos 1930, tentam desbaratar a quadrilha que dominou Chicago na Lei Seca

» 1990 –É o mafioso que “adota” um garoto pobre do Brooklyn (papel de Ray Liotta) que tem sua história contada durante duas décadas em 'Os bons companheiros'

» 1999 – Um mafioso com crise de consciência? Este é Paul Vitti, o personagem de De Niro na comédia 'Máfia no divã' que começa a se consultar com um psiquiatra, vivido por Billy Crystal
» 2002 –Três anos depois, os personagens de De Niro e Billy Crystal voltam a se encontrar na sequência 'A máfia volta ao divã'

Assista ao trailer do filme:


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA