'Invocação do mal' já atraiu 336 mil espectadores às salas do país

Em semana de estreia, o longa chegou a faturar US$ 41,4 milhões, nos Estados Unidos

por Estado de Minas 19/09/2013 07:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Warner/divulgação
Vera Farmiga interpreta a especialista que tenta desvendar o mistério (foto: Warner/divulgação)

No fim de semana, o público brasileiro rendeu boa bilheteria à nova sensação do cinema de terror: 'Invocação do mal', dirigido por James Wan, responsável pelo início da série 'Jogos mortais'. O longa atraiu 336 mil espectadores às salas do país e está em cartaz em BH.

Nos Estados Unidos, o longa caiu no gosto dos jovens. Em seu fim de semana de estreia, em julho, faturou US$ 41,4 milhões, deixando para trás apostas dos estúdios como 'Meu malvado favorito 2' e 'Turbo'.

O filme conta a história de uma família às voltas com forças do além depois de se mudar para antiga casa às margens de um lago. Em vez de ser pacato abrigo interiorano de um casal e suas filhas, o imóvel é o próprio inferno: vultos passam de um lado para o outro, portas batem sem motivo, brinquedos somem, vozes e ruídos tiram o sossego dos moradores.

O elenco de 'Invocação do mal' tem Vera Farmiga, elogiada no papel da especialista que tenta descobrir o que ocorre no casarão. O público já paga ingresso sabendo que não se trata de teoria da conspiração contra os Perrons – Roy Livingstone e Lili Taylor interpretam os pais de cinco garotas. Forças malignas batem ponto – mesmo – no pedaço.

Inspirado em um caso real, 'Invocação do mal' tem rendido várias reportagens na imprensa americana sobre a família que morou na verdadeira casa do horror. Andrea, uma das filhas de Carolyn e Roger Perron, já escreveu livro sobre o lar mal-assombrado.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA