Fest Curtas BH oferecerá cursos gratuitos no Palácio das Artes

Também serão exibidos 130 filmes de diretores de 100 países. Evento vai até o dia 29 de setembro

por Estado de Minas 11/09/2013 08:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Iano Andrade/CB/D.A Press
O diretor Adirley Queirós discutirá a linguagem do documentário (foto: Iano Andrade/CB/D.A Press )
O Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte (Fest Curtas BH) não se limitará a exibir filmes em sessões programadas para os dias 20 a 29 deste mês. O evento oferecerá também oportunidade para a reflexão sobre a sétima arte, com cursos gratuitos ministrados por Nicole Brenez, programadora das sessões de vanguarda da Cinemateca Francesa, e pelo diretor brasileiro Adirley Queirós.

Nicole se dedicará a três seminários: “Por que o cinema? As formas de descrição”; “Ultrapassar os limites do simbólico: a imagem performativa”; e “A revolução não se interromperá até chegar à perfeição da felicidade. Cinema, ritos e antropologia da festa”. Há 100 vagas para os eventos, que serão realizados dos dias 23 a 25, das 14h às 17h, no Cine Humberto Mauro.

O cineasta Adirley Queirós vai discutir as possibilidades – e impossibilidades – do documentário a partir de um projeto escrito. São apenas 20 vagas, com aulas de 26 a 28 deste mês, no Espaço Mari’Stella Tristão. Interessados devem enviar breve currículo para cursos cinehumbertomauro@gmail.com até as 18h do dia 16.

No caso do curso Documentário – entre realidade e invenção, é preciso enviar, no ato da inscrição, o esboço de um projeto de filme.

O Fest Curtas BH, que será realizado em vários espaços do Palácio das Artes, exibirá 130 filmes de diretores de 100 países. Nada menos de 2,9 mil inscrições foram recebidas pelo evento.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA