Mostra 'Hitchcock é o cinema' bate recorde com 17 mil espectadores

Novos programas serão dedicados a Humberto Mauro e Stanley Kubrick

por Carolina Braga 06/09/2013 07:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Juarez Rodrigues/EM/D.A Press
Maratona Hitchcock não deu trégua ao Cine Humberto Mauro por 32 horas ininterruptas (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)

A Mostra Hitchcock bateu recordes de público no Cine Humberto Mauro. Desde 31 de julho, compareceram nas dependências do Palácio das Artes para os encontros com os clássicos do mestre do suspense mais de 17 mil pessoas. Para se ter uma ideia do sucesso, a mostra dedicada a Charles Chaplin, a maior até então, atraiu quase 11 mil.

“Imaginei que ia lotar, mas realmente foi acima do esperado”, reconhece Rafael Ciccarini, gerente de cinema da Fundação Clóvis Salgado e responsável pela realização do evento. Ao todo foram exibidos 54 longas e 94 episódios de séries de TV. Entre os eventos paralelos, o mais marcante foi a maratona Hitchcock, com 32 horas ininterruptas de projeções. Dela participaram, 1.958 espectadores. O Dia Psicose também marcou a programação com a presença de 770 pessoas.

“Chamou muito a atenção a quantidade de pessoas interessadas por um lado nada óbvio da obra do diretor, os filmes mais obscuros. Não teve nenhuma sessão que não tivesse público”, conta. De acordo com Ciccarini, os filmes mais procurados foram 'Psicose', 'Os pássaros', 'Um corpo que cai', 'Janela indiscreta' e 'Intriga internacional'.



Para Rafael Ciccarini, a adesão à Mostra Hitchcock evidencia o êxito do projeto de formação de público no Cine Humberto Mauro e sinaliza que novos passos podem ser dados. “Temos um público numeroso, formado, e agora podemos pensar em abraçar o cinema brasileiro”, propõe. O primeiro homenageado deve ser o cineasta que dá nome à sala.

Está prevista para julho do ano que vem a exibição dos filmes de Humberto Mauro que se encontrarem disponíveis. “Não sei se vamos conseguir mostrar tudo, porque tem muita coisa perdida”, ressalta Rafael. Já entre os estrangeiros, quem está nos planos é Stanley Kubrick. “Vai acontecer, mais não sei exatamente quando. Todos os filmes do Kubrick já saíram em DCP. Vale muito a pena ver nessa tecnologia”, adianta.

NÚMEROS Hitchcock
54 longas
94 episódios de séries de TV
15 cópias em DCP
31 cópias em 35mm

Público das mostras
Alfred Hitchcock – 17.359
Charles Chaplin – 10.915
Luis Buñuel – 8.464
Howard Hawks – 7.649

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA