Pós-maratona exibe filmes clássicos de Hitchcock

por Estado de Minas 25/08/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

 

Walter Wanger Productions/divulgação
Walter Wanger Productions/divulgação (foto: Walter Wanger Productions/divulgação)

Depois da maratona de filmes que virou a noite de sexta-feira para ontem, a mostra Hitchcock é o cinema retoma os trabalhos a partir das 14h30, no Cine Humberto Mauro do Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro).

Um dos destaques da programação domingueira é Sabotagem, lançado pelo mestre do suspense há 77 anos. Inspirado no livro The secret agent, de Joseph Conrad, o filme se passa num subúrbio londrino. Proprietários de uma pequena sala de cinema, Karl Anton Verloc (Oskar Homolka) e sua esposa (Sylvia Sydney) se veem enredados em trama misteriosa envolvendo terrorismo e Scotland Yard.

Detalhe: o filme, que será exibido às 18h e faz parte da “fase inglesa” de Hitchcock, foi lançado no Brasil com outro título. Felizmente, o nome mudou. Optou-se pela tradução literal do original, pois letreiros e cartazes brasucas chegaram a revelar – em letras garrafais – a chave do mistério.

Às 20h, o público poderá conferir a obra-prima Intriga internacional (1959), que inspirou thrillers sessentistas, inclusive a saga do inesquecível James Bond. Cary Grant e Eva Marie Saint protagonizam a trama. A cena final, com beijo do casal e a imagem de um túnel, até hoje rende elucubrações entre críticos e cinéfilos.

A mostra Hitchcock é o cinema será encerrada em 5 de setembro. A retrospectiva apresenta a filmografia completa do mestre inglês. As sessões, com entrada franca, caíram no gosto do público. Por isso, fique atento: ingressos são distribuídos 30 minutos antes de o filme começar.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA