Gente grande 2: outro besteirol estrelado por Adam Sandler

Longa grosseiro, machista e escatológico descreve o mais recente lançamento da Sony Pictures

por Walter Sebastião 22/08/2013 07:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Sony Pictures/Divulgação
(foto: Sony Pictures/Divulgação)

Talvez a intenção de 'Gente grande 2' seja reunir num único filme os aspectos mais bizarros do cinema e da sociedade norte-americana. Mas o que se vê é um longa grosseiro, machista e escatológico – literalmente banal, da primeira à última cena. E sem graça, o que é pior.

Simplesmente ridículo, o filme compromete tudo e todos que estão na tela. Dos anos 1980, época em que os personagens eram jovens, até agora.

Escrita e estrelada por Adam Sandler e dirigida por Dennis Dugan, a comédia conta a história de Lenny Feder (Sandler), casado com Roxanne (Salma Hayek). Casal e filhos deixam Los Angeles e voltam para a cidade natal, onde reencontram os antigos amigos Eric (Kevin James), Kurt (Chris Rock) e Marcus (David Spade). Os velhos camaradas se unem contra um grupo de jovens esnobes – entre eles o “mauricinho” interpretado por Taylor Lautner, o galã-lobisomem da série 'Crepúsculo'.

Dá medo imaginar que 'Gente grande 2' venha do país que detém o maior arsenal nuclear do mundo. Considerando que o filme é uma bomba, isso nem chega a ser surpresa...

 

Assista o trailer de 'Gente Grande 2': 

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA