Obra de Hitchcock já atraiu mais de 3 mil espectadores em BH; mostra especial terá maratona de filmes

Primeiras exibições de 'Hitchcock é o cinema' no Cine Humberto Mauro superaram público de 3,5 mil pessoas; além do 'Dia Psicose', no sábado, vem aí maratona com 32 horas de cinema

por Carolina Braga 12/08/2013 10:10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
Clássicos do cinema que levam a assinatura do diretor, como 'Os pássaros' (1963), ainda serão exibidos (foto: Divulgação)
Cinco mil pessoas já passaram por alguma atividade da mostra 'Hitchcock é o cinema', promovida pela Fundação Clóvis Salgado. Nos oito primeiros dias, foram 39 sessões dedicadas ao mestre do suspense, com média de 90 pessoas em cada uma delas. Dia 3, houve sessão extra de 'Psicose'. Mesmo com o horário avançado, às 23h45, 102 pessoas prestigiaram o “corujão”.

Descontado o público da noite de abertura, as sessões voltadas para filmes e séries de Alfred Hitchcock atraíram 3.523 espectadores. Um dos destaques desta segunda-feira, 12, será 'Champagne' (1928): restaurado pelo British Film Institute, o longa integra a chamada “fase muda” do diretor. A sessão terá música ao vivo a cargo de Pablo Castro.

Também vale prestar atenção em 'A sombra de uma dúvida' (1943), considerado por Hitchcock um de seus melhores trabalhos, além de 'Chantagem e confissão', ambos programados para quarta-feira, 14. Finalizado em 1929, o filme marca a chegada do som ao cinema do mestre do suspense. Por causa disso, a mostra exibirá o teste de som para o trabalho.

Esta semana, a programação de palestras e debates será reforçada. A partir de terça-feira, 13, o crítico de cinema Luiz Carlos Oliveira Júnior ministrará curso de quatro dias sobre o tema O suspense subjetivo de Alfred Hitchcock. As inscrições estão encerradas.

Nesta terça-feira, 13, o crítico Pedro Butcher vai fazer palestra sobre o tema experimentação x indústria, com entrada franca. Sexta-feira, o público poderá conferir debate com Ruy Gardner, João Dumans e Luiz Carlos Oliveira Jr. com mediação de Rafael Ciccarini, coordenador do evento dedicado ao cineasta inglês.

CAFÉ DA MANHÃ

Dias 23 e 24, a mostra vai, literalmente, tirar o sono dos cinéfilos. Foram programadas 32 horas ininterruptas de exibição de trabalhos do mestre. A jornada começa à 15h de sexta-feira e só acaba às 22h de sábado. Providenciou-se até um café da manhã para os “maratonistas”, que será servido no hall do Cine Humberto Mauro.

Serão exibidos 'Ladrão de casaca' (1955), 'Um corpo que cai' (1958) e 'Janela indiscreta' (1954). Está marcado bate-papo com pesquisadores e críticos. Dia 23, às 23h, o convidado especial é José Mojica Marins, o Zé do Caixão. Ele vai falar sobre o filme 'Os pássaros'.

MOSTRA HITCHCOCK É O CINEMA
Diariamente, até 5 de setembro. Cine Humberto Mauro (Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro). Entrada franca. Ingressos devem ser retirados meia hora antes do início da sessão. Informações:
www.fcs.mg.gov.br

SAIBA MAIS


Túlio Santos/EM/D.A Press
Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, recebe programação especial até 5 de setembro (foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
Da Inglaterra a Hollywood
A obra de Alfred Hitchcock se divide em dois ciclos. A fase britânica vai do início da carreira do diretor, na época do filme mudo, e suas primeiras incursões no cinema sonoro. Aí estão incluídos 'Chantagem e confissão' (1929) e a primeira versão de 'O homem que sabia demais' (1934), longa que seria refilmado pelo próprio Hitchcock em 1956. A fase americana, em Hollywood, reúne os clássicos 'Festim diabólico' (1948), 'Os pássaros' (1963), 'Janela indiscreta' (1954) e 'Psicose' (1960), entre outros longas.

CONFIRA
Segunda-feira, 12

13h    Série Alfred Hitchcock apresenta. Episódios 'O salvo-conduto', 'Um lugar de sombras', 'De volta para o Natal' e 'O homicídio perfeito'
15h   'Aventura Malgache' (1944) e 'Bon voyage' (1944)
17h    'Rebecca, a mulher inesquecível' (1940)
19h30    'Champagne' (1928). Sessão com execução musical ao vivo. Convidado: Pablo Castro
21h30    'A tortura do silêncio' (1952)

Terça-feira, 13

12h30    Série Alfred Hitchcock apresenta. Episódios: “Era uma vez uma velha”, “Quem é que fez isso?” e “Precisa-se de ajuda”
14h    Curso: O suspense subjetivo de Alfred Hitchcock. Com Luiz Carlos Oliveira Jr.
17h    'O terceiro tiro' (1956)
19h    Palestra: Experimentação x indústria. Com o crítico Pedro Butcher
21h    'Suspeita' (1941)
 
QUARTA-FEIRA
12h30    Série Alfred Hitchcock apresenta. Episódios: “O retrato de Jocelyn”, “O mundo ordeiro do Sr. Appleby” e “Nunca mais”
14h    Curso com Luiz Carlos Oliveira Jr.
17h    'A sombra de uma dúvida' (1943)
19h    'O homem que sabia demais' (1956)
21h15    'Chantagem e confissão' (1929)

QUINTA-FEIRA
12h30    Série Alfred Hitchcock apresenta. Episódios: “O cavalheiro americano”, “A babá” e “O campanário”
14h    Curso com Luiz Carlos Oliveira Jr.
17h    'Intriga internacional' (1959). Sessão comentada com o crítico Ruy Gardnier
20h    'O jardim dos prazeres' (1925). Com execução musical ao vivo
21h45    'Cortina rasgada' (1966)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA