Glória Pires interpreta homossexual no cinema

Glória Pires não vê obstáculos no novo papel que viverá no longa Flores Raras, dirigido por Bruno Barreto

por Diário de Pernambuco 05/08/2013 16:14

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Imagens Filme/Distribuidora
Filme foi selecionado para abrir o 41º Festival de Cinema de Gramado (foto: Imagens Filme/Distribuidora)
Interprete da arquiteta Lota de Macedo Soares, uma homossexual, no filme Flores Raras, Glória Pires revelou durante coletiva de divulgação, em São Paulo, nesta segunda-feira (5), que "o fato de a personagem ser homossexual não é problema, é solução." Segundo a atriz, os desafios fazem bem a carreira. "Quando vc faz muita televisão, você fica enquadrado. Quando o convite chegou, dei pulos de alegria". Dirigido por Bruno Barreto, Flores Raras abre o 41º Festival de Cinema de Gramado, que ocorre de 9 a 17 de agosto no Rio Grande do Sul. O filme narra o amor de Lota e a poetisa Elisabeth Bishop, interpretada por Miranda Otto.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA