Semana da Comédia destaca as revelações do humor nacional na internet

Promovido pelo YouTube Brasil, projeto reflete fatos marcantes experimentados no dia a dia da população

por Carolina Braga 19/06/2013 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/divulgação
Coletivo Porta dos Fundos: público garantido entre os jovens internautas brasileiros (foto: YouTube/divulgação )
"Senhoras e senhores, o povo está nas ruas”, comemorou Rafinha Bastos. Enquanto as avenidas das principais capitais brasileiras foram ocupadas por jovens reivindicando “presencialmente” um Brasil melhor, na internet – usada para convocar e articular as manifestações – estava garantido o espaço para pão e circo. Mas sem que uma coisa diluísse a outra. “Uma salva de palmas para quem está batalhando por nossos interesses lá fora. Se você mora perto de algum lugar de manifestação, assim que terminar a transmissão vá para lá”, sugeriu Bastos – ao vivo – dentro de um teatro lotado, em São Paulo.


Comédia é uma das palavras mais buscadas na internet. O YouTube Brasil importou dos Estados Unidos a ideia de promover uma semana dedicada ao gênero. Calhou de ser neste momento histórico para o país. Até dia 24, criadores dos canais 5incominutos, Barbixas, Desce a Letra, Galo Frito, Jacaré Banguela, MasPoxaVida, Parafernalha e Porta dos Fundos, além de Rafinha Bastos, Felipe Neto e Marcos Castro, foram convidados a publicar conteúdo exclusivo e inédito na rede.

Na segunda-feira, em meio aos protestos, um show transmitido ao vivo abriu os trabalhos da Semana da Comédia. Teve de tudo: batalha de improviso, videolog no telão, números de dança, esquetes e musicais, além do consolidado stand up. Embora seja característica do humor lidar com o cotidiano, o tema das manifestações não foi banalizado. Apareceu bem pontuado e de maneira variada. Se Rafinha Bastos discursou, como é próprio do estilo que o consagrou, Cauê Moura, do canal Desce a Letra, preferiu cantar. A música escolhida foi 'O gringo de Ipanema', paródia contemporânea do clássico de Tom e Vinicius. E assim tende a continuar nos próximos dias.

“A Semana da Comédia vai reforçar uma tendência, vem para coroar um momento”, destaca Rafael Infante, do badalado Porta dos Fundos. Se separadamente artistas parceiros já respondem por grandes audiências na plataforma de vídeos, juntos vão mostrar o quão variado é o humor feito na – e para – a internet. Embora um ou outro tenha participações em mídias tradicionais – em programas de televisão, por exemplo –, todos têm algo em comum: a vida se transformou da água para o vinho depois que a primeira piada circulou na rede.

YouTube/divulgação
Cia. Barbixas de Humor tem plateia média de 350 mil espectadores por vídeo (foto: YouTube/divulgação)
“O mais interessante é se tratar de humor legítimo e autêntico, de artistas falando diretamente com o público”, ressalta Daniel Nascimento, da Cia. Barbixas de Humor. Fundado em 2004 por ele, Anderson Bizzocchi e Elídio Sanna, o grupo costumava apresentar espetáculos de improvisação em teatros. Em 2007, com 'Improvável', passaram a alcançar números expressivos na rede. Atualmente, é difícil dissociar o que é teatro e o que é esquete de humor feita para a internet. Daniel Nascimento diz que a distinção está, basicamente, numa questão matemática. Por mais sucesso que os humoristas fizessem, por mais locais onde se apresentassem, jamais alcançariam – ao vivo e em cores – 350 mil espectadores, plateia média de views registrada no canal do YouTube. São 1.290.347 inscritos, que recebem semanalmente as atualizações do grupo.

“O público influencia porque está mais colado, mais próximo do artista. Tem gente que publica já esperando os comentários”, conta Daniel. Segundo ele, o diálogo entre a esfera criadora e a plateia é muito comum. No caso do Barbixas, no show de abertura da Semana da Comédia, o tema da improvisação foi escolhido na hora pelos usuários conectados. Durante a apresentação, o trio pediu à plateia “presencial” para escolher dois temas capazes de mudar a vida de um cidadão. Foram sugeridos abdução e loteria, postos em votação pelo site. Venceu a hastag #abduzido.

Na dinâmica do projeto, um canal oferece novidades diariamente – hoje é a vez dos Barbixas. “Chamamos três colegas de Lisboa para fazer com a gente. É um jogo sob medida entre Brasil e Portugal”, adianta. Para Daniel, uma das contribuições do evento é a prova de que há muita gente produzindo para um público que conhece muito bem. Ao que parece, ninguém dessa turma quer fazer da internet escada para outras mídias.

 

AGENDA
Quarta-feira– Os Barbixas e Galo Frito
Quinta-feira– Porta dos Fundos
Sexta-feira – 5incominutos e Felipe Neto
Sábado – Parafernalha
Domingo – Desce a Letra e Marcos Castro
Segunda-feira – Jacaré Banguela



SEMANA DA COMÉDIA
www.youtube.com/apresenta


l 5incominutos
www.youtube.com/user/5incominutos
l Cia Barbixas de Humor
www.youtube.com/user/videosimprovaveis
l Desce a letra
www.youtube.com/user/descealetra
l Felipe Neto
www.youtube.com/user/felipeneto
l Galo Frito
www.youtube.com/user/programagalofrito
l Jacaré Banguela
www.youtube.com/user/jbanguela
l Marcos Castro
www.youtube.com/user/marcoscct
l MasPoxaVida
www.youtube.com/user/maspoxavida
l Parafernalha
www.youtube.com/user/canalparafernalha
l Porta dos Fundos
www.youtube.com/user/portadosfundos
l Rafinha Bastos
www.youtube.com/user/rafinhabastos

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA