'Cris do Morro' ganha filme dirigido por Cristiano Abud e Lucas Gontijo

Belo-horizontino foi um dos contemplados por série brasileira de curta-metragens sobre personalidades do país

por Eduardo Tristão Girão 07/06/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Arquivo Pessoal
(foto: Arquivo Pessoal)
Músico e um dos idealizadores do programa Vozes do Morro, mantido pelo governo de Minas e Servas, o belo-horizontino Cris do Morro foi um dos contemplados por série brasileira de curta-metragens sobre personalidades do país. A estreia será hoje na rede de cinemas Cinemark, com exibição sempre antes de cada filme e no canal da marca Johnnie Walker (que financia o projeto), no YouTube.


O curta, que tem pouco mais de 2 minutos, foi realizado pela dupla de cineastas Cristiano Abud e Lucas Gontijo, da Abuzza Filmes, produtora com sede na capital mineira. O trabalho foi selecionado pelo diretor Fernando Meirelles, curador do projeto, ao lado de Fabio Coelho (Google), Alexandre Gama (NeoGama/BBH) e Tania Cesar (Diageo).


A produção mineira foi selecionada juntamente com outras cinco, por meio de crowdsourcing e entre um total de 42 – os contemplados dividiram prêmio de R$ 250 mil. A marca pretende continuar financiando produções audiovisuais nacionais e a próxima ação terá como tema as ideias dos brasileiros sobre progresso.


Além do curta 'Cris do Morro', estarão em cartaz pelo Brasil 'Eco Niemeyer' (artista plástico Marcelo Eco homenageia Oscar Niemeyer); 'Eu sabia que o nosso dia ia chegar' (busca do brasileiro pelo seu grande amor); 'Sou Índio, sou brasileiro' (história de Eurico Baniwa, referência internacional sobre a cultura indígena); 'Âmbito de liberdade' (artista plástico Paulo PT Barreto reflete sobre sua condição, desafios e prazeres); e 'Cozinhar é transformar' (o chef Chico Ferreira e a importância das refeições nas relações).



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA