Músculos, carrões e perseguições estão de volta em 'Velozes e furiosos 6', com Paul Walker e Vin Diesel

Filme estreia nesta sexta-feira nos cinemas de Belo Horizonte

por Mariana Peixoto 24/05/2013 09:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Universal Pictures/Divulgação
(foto: Universal Pictures/Divulgação)
Uma franquia não chega à sexta versão à toa. É preciso ter muito lucro para ganhar nova sequência. Pois 'Velozes e furiosos 6' estreia hoje nos cinemas brasileiros já de olho no sétimo filme. A série, que mistura carrões e músculos hipertrofiados, está cada vez mais internacional e desavergonhada. Faz exatamente tudo igual aos filmes anteriores, só que em novo cenário. E busca atingir novo público –inclusive com clipe dos melhores momentos das edições anteriores.

Veja mais fotos do filme

Confira os horários das sessões

A narrativa começa pouco depois do filme 5. Agora milionário – graças aos US$ 100 milhões que conseguiu com um golpe aplicado no longa 'Operação Rio' (2011) –, o grupo comandado por Dom (Vin Diesel) e Brian (Paul Walker) vive espalhado pelo globo terrestre. Volta a se reunir depois que um bando de mercenários, comandados por Owen Shaw (Luke Evans), começa uma superoperação em Moscou, logo depois partindo para Londres, onde ocorre a ação principal. O grupo adversário é como uma versão do mal para o bando capitaneada por Dom. A direção é de Justin Lin, que assumiu a franquia desde o número 3.

O que tira Dom de sua vidinha simples num paraíso ensolarado (e a namorada loira) é a descoberta de que Letty (Michelle Rodriguez), seu antigo amor. Dada como morta, está viva como nunca. E trabalhando com o time adversário. O resgate da “mocinha” (que é mais um trator de músculos e cara fechada) cai como luva para o lado família do grupo. Agora, eles são os bonzinhos da parada, e acabam sendo chamados pela polícia (na figura de Dwayne “The Rock” Johnson) para ajudá-los a pegar os vilões.

Dito isso, o que os 130 (!) minutos do filme trazem são fortes sequências de ação entremeadas por uma novelinha para lá de sentimentaloide (a grande família tem até um bebê). O humor que os personagens de Ludacris (Tej) e Tyrese Gibson (Roman) tentam imprimir em piadinhas infames não convence. Rir mesmo só nas menções ao Rio de Janeiro e na inverossimilhança de algumas cenas de ação (a que Dom salva Letty, numa das últimas sequências, é de uma cara de pau sem fim). Já no clima de MMA, foi escalada Gina Carano, lutadora que chegou ao cinema em 2011 via Steven Soderbergh (que a dirigiu no fraco Haywire). Protagoniza, com Michelle Rodriguez, um mano a mano no metrô de Londres digno de muito octógono.

Mas, vamos e venhamos, o público de Vin Diesel não está nem aí para isso. O melodrama é apenas um detalhe em meio às cenas de perseguição de carros e a cenários diferentes. O “pega” que Vin Diesel e Rodriguez fazem nas supermovimentadas ruas do Centro londrino é de encher os olhos. E também uma boa oportunidade de serem apresentados modelos de carrões. As bolas da vez são Dodge, o preferido de Dom (que utiliza três modelos em cena) e o Giulietta, novo modelo Alfa Romeo.

E as montadoras já devem estar de olho, pois o filme de número 7 começa a ser rodado em setembro (para estrear em julho de 2014). Assim como o longa número 4, 'Desafio em Tóquio' (2006), será parte rodada no Japão. Isso porque a projeção 'Velozes e furiosos 6' só termina depois de uma sequência que deve dar início à trama do próximo filme: em Tóquio, Han (Sung Kang) enfrenta novo oponente, Ian Shaw (Jason Statham), irmão do vilão Owen, que será o principal oponente do grupo de Dom. Ou seja, a pancadaria será com um dos nomes dos músculos mais em alta no cenário.

Assista ao trailer do filme:

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA