Bonecos gigantes invadem as ruas de Olinda, em Pernambuco

O tradicional desfile dos bonecos de Olinda acontecem nesta segunda-feira e terça-feira, e dessa vez sem apelo político

por Agência Estado Diário de Pernambuco 16/02/2015 16:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Bernardo Dantas/DP/D.A Press
Encontro de Bonecos já é uma tradição no carnaval de Olinda. Este ano, as figuras políticas foram excluídas (foto: Bernardo Dantas/DP/D.A Press)
Figuras tradicionais no carnaval pernambucano, os famosos bonecos gigantes são umas das atrações mais esperadas nas ladeiras de Olinda nos dias de folia. O desfile tomou conta das ruas de Olinda nesta segunda-feira, 16, e se repete amanhã em Recife. 
 
Este ano, a produção do evento excluiu o boneco da presidente Dilma Roussef. O organizador do desfile, o produtor cultural Leandro Castro disse ter optado por excluir o boneco da presidente porque no ano passado provocou muitas vaias. "Este ano preferimos não colocar nenhuma figura de político", explicou. Além de Dilma, o boneco do ex-governador Eduardo Campos havia participado do desfile do ano passado.

Bonecos do escritor Ariano Suassuna (1927-2014), o homenageado do carnaval olindense deste ano, os quatro Beatles, Pelé, Alceu Valença, Joaquim Barboza e Bob Marley, Tim Maia e Ronaldinho Gaúcho foram alguns dos 61 bonecos que desfilaram. Eles medem cerca de quatro metros de altura quando montados e pesam 20 quilos.

O frevo é o ritmo do desfile. Os quatro Beatles, John, Ringo, Paul e George chegaram ao som de músicas da banda inglesa executadas no ritmo genuinamente pernambucano.

O tradicional desfile dos Bonecos Gigantes de Olinda, feitos pelo artesão e bonequeiro Silvio Botelho, ocorre nesta terça-feira, 17, na sua 28ª edição. Botelho iniciou a feitura de bonecos gigantes em 1974. Até então só existiam O Homem da Meia Noite e a Mulher do Dia. Hoje são muitas centenas de bonecos gigantes nascidos da sua oficina na Rua do Amparo.


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CARNAVAL