Ouro Preto tem dia de maior movimentação desde a abertura oficial do carnaval

Cerca de 60 mil foliões tomaram as ladeiras históricas da cidade e se divertiram com shows, blocos caricatos e escolas de samba

por Luiz Fernando Motta 14/02/2015 20:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Lucas Marçal/Submarino Fotografia
Apresentação da banda Desorquestra no final da tarde deste sábado, na Praça Tiradentes (foto: Lucas Marçal/Submarino Fotografia)
A extensa programação de shows, blocos caricatos, escolas de samba e festas na repúblicas atraiu cerca de 60 mil foliões neste sábado em Ouro Preto, na Região Central de Minas. Segundo a Polícia Militar, a movimentação nas ladeiras da cidade histórica foi a maior desde a abertura oficial da festa, superando o público de quinta e sexta-feira. Nos cinco palcos montados nas praças Tiradentes, Antônio Dias e Orlando Trópia e nos largos da Alegria e do Cinema e Orlando Trópia se apresentaram atrações de diferentes estilos musicais. As maiores concentrações de público são registradas na Praça Tiradentes, onde a banda Desorquestra se apresentou no início da tarde e o bloco Baianas Ozadas se prepara para desfilar no início da madrugada. Outro local que ficou bastante movimentado durante todo o dia foi a tradicional Rua Direita, ponto estratégico com vários bares e que dá acesso a diferentes regiões da cidade. A Rua Santa Efigênia também ficou cheia de foliões às 20h, quando saiu o centenário bloco Zé Pereira do Clube dos Lacaios. O conjunto carnavalesco, fundado em 1867, é famoso por seus bonecos gigantes que representam importantes personagens da história de Minas Gerais. Além das atrações de rua, as repúblicas estudantis promovem festas que reúnem muitos foliões. Segundo o Tenente Reinaldo, do 52º Batalhão da Polícia Militar, muitos turistas chegam à cidade só para essas festas e é difícil ter uma estimativa de público nesses eventos particulares. %u201CAcreditamos que o número pode chegar a 90 mil foliões na cidade%u201D, comenta o militar. Segundo a PM, 106 militares da cavalaria, da Academia de Polícia e integrantes do 52º Batalhão fazem a segurança na cidade histórica. A corporação afirma que apenas cinco pessoas foram detidas desde quinta-feira por conta de pequenos furtos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CARNAVAL