Bloco Na Contramão subiu as ruas de Nova Lima arrastando a multidão

Atração ficou por conta da criatividade dos foliões. Hoje, é a vez do Bloco dos Sujos

por Gustavo Werneck 04/03/2014 08:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press
O bloco Na Contramão, formado por foliões com abadás amarelos, tocou sucessos antigos como Cabeleira do Zezé (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Ao som de Cabeleira do Zezé – marchinha de João Roberto Kelly e Roberto Faissal que completa 50 anos de carnaval – e outras de eterno sucesso na boca do povo, centenas de foliões de todas as idades se esbaldaram, na tarde de ontem, no Centro de Nova Lima, na Grande BH, seguindo o bloco Na Contramão. Os abadás amarelos predominaram no meio multidão, que se concentrou na Praça Bernardino de Lima e, fazendo jus ao nome, subiu a Rua Bias Fortes até a Santa Cruz, mas, para fugir do lugar comum, muita gente se produziu de forma criativa, mostrando que folia é pura fantasia.

O casal de namorados Thales Alexandre e Nívea Mesquita, de Betim, na Grande BH, causou sensação por onde passava: ela vestida de onça, ele de mulher sexy. O detalhe é que o rapaz puxava a moça por uma cordinha, como se fosse uma coleira. “É para não fugir”, disseram, quase em coro. Cheios de bom humor e prontos para pular a noite inteira, Thales e Nívea combinaram de, no próximo carnaval, ele também usar uma coleirinha. Ele deu um sorriso e saiu sambando rua acima.

Se a canoa não virar, olê, olê, olá, eu chego lá… Cantando a plenos pulmões e cheio de ginga, o bloco contagiou a empresária Maria Elisabete Oliveira Borges, que levou as netas Julia, fantasiada de índia, e Milene, de indiana, ambas de 10, Sofia, de oito, uma linda bruxinha, Maria Rita, de cinco, vestida de sereia, e Thaís, também de cinco, de cigana. A vovó estava de coelhinha e contou que sempre foi súdita fervorosa do Rei Momo. “Gosto tanto que o meu filho nasceu num domingo de carnaval”, disse Maria Elisabete, fazendo pose do bichinho orelhudo. Perto dali, Sophia Travassos, de seis, ao lado dos pais Marcelo e Poliana, dançava com o rostinho pintado e orelhas cor-de-rosa de uma coelhinha.

CORTE REAL O carnaval de Nova Lima atrai mais de 20 mil pessoas diariamente, segundo informações da prefeitura local. Hoje, a partir das 9h, tem desfile do Bloco dos Sujos, com saída da Praça do Bicame, recepção da corte real momesca aos blocos carnavalescos (10h) e atrações durante a tarde. À noite, às 20h30, começa a evolução das escolas de samba Monte Castelo e Unidos do Rosário, terminando com show de Wolney e Banda Eclipse, na Praça Dr. Antonino Fonseca Júnior.

Mamãe eu quero, mamãe eu quero, mamãe eu quero mamar… Empolgados, os amigos e estudantes Mateus Henrique Mendes Cruz, de 18, Yhan Phillipe Machado, de 16, Mateus Henrique Reis Morais, de 17, e Arthur Júnio Madeira, de 18, curtiram adoidado a farra. “Está legal, há muito policiamento, o que garante segurança. E, claro, meninas bonitas demais”, disse Mateus Henrique Mendes, que mora no Espírito Santo.

Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press
A irreverência do casal Nívea Mesquita e Thales Alexandre chamou a atenção durante o desfile, em Nova Lima (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
SABARÁ
Quem fez chapinha no cabelo para ficar bonita no carnaval preferiu não se arriscar. Mas, para foliões de primeira grandeza, toda hora é hora de entrar de cabeça na farra que termina amanhã. Ontem, em Sabará, na Região Metropolitana de BH, teve banho de espuma no Largo do Barão, com quatro jatos, instalados numa torre, lançando cascatas brancas, fazendo a festa da criançada. A dose se repete hoje.

“Não tem cheiro, nem sabor. É uma espuma seca e não deixa ninguém molhado”, contou o bombeiro hidráulico Alan Rosa, que levou a mulher Ludmila e a filha Maria Aparecida, de 9 meses, para conhecer o equipamento. “Ela está um pouquinho gripada”, disse Ludmila, com a filha num braço e carregando, no outro, um urso gigante. Nada melhor do que testar o banho, então, mãos à obra: de fato, a pessoa sai sem marcas na roupa e nos sapatos. A técnica de enfermagem Adelina Júnia Lourenço, levou a filha Maria Cecília, de 2 anos, e gostou da experiência. “É gostoso, não tem perigo”, afirmou.

Hoje tem programação extensa na cidade, sendo o mais aguardado o chuveirão, às 16h30, na Praça Santa Rita, no Circuito Histórico. Às 13h tem desfile de blocos e, à noite, a multidão segue o trio elétrico Papa na Língua.

Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press
Jean Assis dos Santos - 21 anos, turista espumante (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Eu, folião

Jean Assis dos Santos - 21 anos, turista espumante

Para Jean Assis dos Santos, esta foi a melhor surpresa do carnaval de Sabará: um banho de espuma em plena praça. “Desestressa qualquer um e recarrega as baterias para mais um ano. Estou adorando e curtindo muito com minha namorada Arielle Salatiel.” Jean foi para Sabará com uma turma grande, incluindo muitos parentes e amigos. “Quem me vê assim pode até pensar que estou fantasiado de espuma.”

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CARNAVAL