'Tartarugas até lá embaixo' é o novo livro de John Green

A novidade do autor de 'A culpa é das estrelas' deve chegar às livrarias em outubro

por Correio Braziliense 11/08/2017 17:46

Divulgação/Marina Waters
Green publicou um vídeo no YouTube falando sobre um dos temas do livro, o transtorno obsessivo-compulsivo (foto: Divulgação/Marina Waters)
John Green, autor de A culpa é das estrelas, O Teorema Katherine e Cidades de papel, tem lançamento de novo livro, Tartarugas até lá embaixo, agendado para outubro.
 
Intrínseca/Divulgação
(foto: Intrínseca/Divulgação)
Cinco anos depois da última publicação, John Green publicará a história de Aza Holmes, uma jovem que lida com transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e que um dia decide procurar um bilionário misteriosamente desaparecido.

O autor publicou no YouTube um vídeo onde fala sobre o novo livro. Green revela que a história é inspirada em situações que ele teve de enfrentar. "É difícil falarmos sobre as coisas que acontecem lá no fundo da gente, provavelmente porque não dá pra ouvir as dores da mente e é difícil falar sobre isso sem fazer analogias e metáforas", afirma.

 

Green conta que, assim como Aza, ele tem TOC. O autor opina que o distúrbio é romantizado em filmes, séries e livros, e pede aos fãs: "Se vocês estão preocupados com a saúde mental de vocês, por favor, busquem ajuda". Ele explica que muitas doenças desse tipo têm tratamento e que quem sofre com distúrbios pode ter uma vida "gratificante e animada".  
 
Confira o vídeo de John Green sobre o transtorno que enfrenta e a história de Tartarugas lá embaixo:
 

 

 

O último lançamento de John Green

A última publicação de John Green foi o best-seller A culpa é das estrelas, em 2012. Depois do sucesso e da repercussão do livro, o autor publicou um vídeo no YouTube contando sobre a pressão que sentiu para publicar uma sequência para a história. O título do vídeo é "Falhando em dar continuidade para A culpa é das estrelas". "Eu senti uma pressão intensa das pessoas como se elas estivessem me observando enquanto eu escrevia", desabafou. "Eu estava apavorado porque achava que jamais conseguiria acompanhar o crescimento."
 
"Deixei de ser a pessoa que escreve livros, título de trabalho no presente, para ser a pessoa que escreveu aquele único livro, título de trabalho no passado", contou Green sobre os reflexos de A culpa é das estrelas na carreira, que afirma ter escrito em um dia que foi tomar café no Starbucks, mas que é grato pelo sucesso.
 
O vídeo é de setembro do ano passado, e nele Green admite ter voltado a escrever cerca de um ano antes, mas por pura diversão. Fãs preocuparam-se ao pensar que talvez o autor, que desde então não havia anunciado nenhum lançamento, parasse de publicar.
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE ARTES E LIVROS