Casal Obama fecha contrato milionário para publicação de livros

Editora Penguin Random House compra os direitos de obras futuras do ex-casal presidencial

por Correio Braziliense 01/03/2017 10:25
REUTERS
Obras ainda não tem previsão de lançamento (foto: REUTERS)
 
Barack Obama, ex-presidente dos Estados Unidos, e a mulher Michelle Obama fecharam na quarta-feira (1º/3) um acordo milionário de exclusividade para publicação de livros com a editora Penguin Random House, uma das maiores do mundo.

Apesar dos detalhes do acordo não terem sido revelados, o jornal Financial Times indicou que a editora investiu algo em torno de US$ 60 milhões para garantir todos os direitos sobre as futuras obras, que ainda não têm data para serem publicados.

O diretor da editora Markus Dohle enviou um comunicado ao jornal The New York Times dizendo que os Obama mudaram o mundo e que a cada dia a editora busca publicar livros que fazem o mesmo. "Agora, estamos ansiosos para trabalhar com o presidente e a senhora Obama para fazer de cada um de seus livros sucessos globais de importância e alcance sem precedentes", completou Dohle.

Obama já havia publicado um livro em 1995 chamado Dreams from my father: A story of race and inheritance (Sonhos de meu pai: Uma história de raça e herança, em tradução livre) e, em 2006, a obra The audacity of hope: Thoughts on reclaiming the American dream (A audácia da esperança). Já Michelle publicou em 2012 American grown: The history of the White House kitchen garden and gardens across America (A América cresceu: A história do jardim da Casa Branca e dos jardins da América).

Segundo o jornal The New York Times, o casal tem a intenção de doar parte dos lucros para a Fundação Obama, criada logo após a saída da Casa Branca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE ARTES E LIVROS