Palácio das Artes abre nova galeria de arte nesta quinta (2)

Quinto espaço expositivo da Fundação Clóvis Salgado, PQNA Galeria será inaugurada com mostra de artistas como Amilcar de Castro, Frans Krajcberg e Beatriz Milhazes

por Ana Clara Brant 01/02/2017 08:58

Fotos: Calebe Souza/divulgação
Obra de Beatriz Milhazes (foto: Fotos: Calebe Souza/divulgação)
A partir desta quinta-feira (2), a Fundação Clóvis Salvado (FCS) vai ganhar a sua quinta galeria de arte. Além da Grande Galeria Alberto da Veiga Guignard, da Mari’Stella Tristão, Genesco Murta e Arlinda Corrêa Lima, a PQNA Galeria é mais um espaço dedicado às artes visuais na instituição.

 

O presidente da FCS, Augusto Nunes-Filho, explica que a ideia surgiu da grande demanda por artes plásticas. Para se ter uma ideia, a agenda de exposições da fundação já está quase fechada para 2018, seja através de editais ou convites. “Pelo andar da carruagem e pela procura do público, a gente achou que seria interessante ter um lugar dedicado a um artista que ainda não tem um trabalho tão consistente e nem avolumado para ocupar, mas que é promissor. Nossa PQNA Galeria (se pronuncia pequena) tem 76 metros quadrados e acabou sendo batizada assim porque fica ao lado da Grande Galeria, ali no hall de entrada”, revela.

A criação da galeria valoriza um espaço nobre, na entrada principal do Palácio das Artes, que será requalificada como espaço expositivo para os mais variados suportes das artes visuais. Trata-se de um local privilegiado, com vista para o jardim interno, por onde circulam visitantes, alunos e servidores da FCS, garantindo certamente uma grande visibilidade para as obras expostas. “Ali era um espaço muito restrito e ficava o pessoal do educativo, que foi deslocado para um outro lugar aqui da fundação. Além do mais, a PQNA tem uma vista muito bonita para o jardim interno. Ficou um lugar muito charmoso. Sem dúvida, é um universo que se abre”, destaca Augusto.

O espaço será aberto com a exposição PQNA Galeria, grandes nomes, com obras que integram o acervo da fundação. A mostra, que fica em cartaz até 12 de fevereiro, exibe trabalhos de artistas de renome internacional como Amilcar de Castro, Lótus Lobo, Beatriz Milhazes, Burle Marx, Fayga Ostrower, Frans Krajcberg e Marcelo Grassman.

 

“Nem todo mundo sabe que o Burle Marx tinha um trabalho importante como pintor. A tela dele que estará exposta é belíssima. Acredito que as pessoas vão ficar bem curiosas em conhecer e saber o que está sendo exposto nesta nova galeria e vai contribuir ainda mais com a nossa formação de público”, ressalta. A partir do dia 24, a galeria será ocupada pela mostra itinerante da 32ª Bienal de São Paulo – Incerteza viva.

PQNA GALERIA, GRANDES NOMES
Em cartaz de 2 a 12 de fevereiro, de terça a sábado, das 9h30 às 21h; domingo, das 16h às 21h na PQNA Galeria do Palácio das artes (Av. Afonso Pena, 1.537, Centro, informações: (31) 3236-7400). Entrada franca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE ARTES E LIVROS