Erli Fantini abre individual neste sábado

por Walter Sebastião 12/11/2016 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Esculturas, objetos e pratos de Erli Fantini estão em exposição que a artista abre hoje (12) na galeria Minas Contemporânea. São aproximadamente 30 peças, realizadas entre 2011 e 2016, pequenas e grandes, que recuperam um pouco da história da artista com a linguagem tridimensional, percurso que ela iniciou há duas décadas. As primeiras peças, feitas com sucata de metal e fundições de bronze, aos poucos se desdobraram em obras realizadas com cerâmica. Em ambos os casos, explorando a plasticidade das matérias e o simbolismo de escadas, janelas, torres, moradas.

A escultura em cerâmica começou com miniaturas que, diz Erli, pediam formatos maiores. E com a exploração da maleabilidade da argila. As primeiras peças foram torres, algumas com aberturas e outras, fechadas. “São peças que comunicam tanto de fora para dentro quanto vice-versa”, observa. As obras ganharam diversas escalas e até uma instalação chamada Cidade, criada com a reunião de várias peças. “Considero que são espaços para serem habilitados, povoados, ocupados”, afirma. Trata-se, no geral, de cerâmica de alta temperatura, em muitos casos com desenhos coloridos, realizados com esmaltes criados ou industrializados, mas modificados pela artista.

A prática da escultura não afastou Erli Fantini do utilitário, área à qual ela se dedica com o mesmo carinho dedicado às peças voltadas para exploração artística. “Acho fundamental a cerâmica utilitária no nosso cotidiano. Ter algo útil que não foi feito industrialmente no seu cotidiano é enriquecedor”, observa. A artista é uma das pioneiras na difusão e no ensino da cerâmica em Minas Gerais e está entre as criadoras da Feira de Cerâmica.

ERLI FANTINI
Esculturas, objetos e pratos. Hoje (dia 12), a partir das 10h. Galeria Minas Contemporânea, Rua Alagoas, 989,- lojas 13 e 14, Savassi, (31) 3261-5214. De segunda a sexta, das 9h às 18h; aos sábados, das 10h às 13h. Até 12/12. Entrada franca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE ARTES E LIVROS