Atores de 'Malhação' trazem a BH peça sobre o desafio de amadurecer

Espetáculo 'Jovem estudante procura' reúne Amanda de Godoi e Francisco Vitti, que foram namorados na série e acabaram juntos também na vida real

por Ana Clara Brant 09/09/2016 10:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Vinicius Bertoli/divulgação
(foto: Vinicius Bertoli/divulgação)
O casal Nanda e Lipe, papéis de Amanda de Godoi e Francisco Vitti, foi um dos mais queridos da temporada de Malhação que terminou em agosto. Com o sucesso, a belo-horizontina, que interpreta a ex-periguete, é uma das poucas atrizes do antigo elenco a continuar na nova fase, Malhação – Pro dia nascer feliz.

 

“Meu papel era pequeno, do elenco de apoio, e foi crescendo ao longo da trama. Nem o casal Nanda e Lipe teria essa grande história. Não era para eles ficarem juntos. Mas novela é obra aberta. Os autores confiaram na gente e o resultado foi toda essa repercussão. Fiquei muito feliz com o meu trabalho”, diz Amanda.


No fim de semana, ela estará em cartaz, no Teatro Sesiminas, ao lado de Francisco e de outros colegas, com a peça Jovem estudante procura. O casal de atores estendeu a cumplicidade para a vida real. O namoro de Amanda e Francisco começou nos bastidores de Malhação, mas ela atribui o sucesso ao carisma dos personagens. Em cartaz desde maio no Rio de Janeiro, a atriz conta que é grande a ansiedade de estrear em BH. Não só porque a cidade foi escolhida para o início da turnê nacional, mas, sobretudo, pelo lado afetivo. “Vai ter a família, amigos. Estou vivendo o momento de maior orgulho da minha carreira. Fazer teatro na minha terra faz o coração bater ainda mais”, salienta.


Com direção de Isabella Secchin, a peça alia emoção e humor para retratar a inserção dos jovens no universo adulto e as transformações inevitáveis decorrentes disso: a entrada no mercado de trabalho, conquistas e decepções amorosas. O elenco conta também com Valentina Herszage (premiada pelo filme Mate-me por favor no Festival de Veneza), Paulo Hebrom e Vitor Novello.


Amanda elogia o texto de João Brandão. Diz que, além de entreter, a peça leva à reflexão. “Essa é a função do teatro: transmitir uma mensagem e fazer com que as pessoas pensem sobre o que foi encenado. Apesar de o foco ser o jovem que está amadurecendo, não só esse público se identifica, mas os adultos também. Afinal, já passaram por isso”, acrescenta.

 

Filho dos atores João Vitti e Valéria Alencar, Francisco Vitti diz que seu personagem é o clássico boa-vida carioca, típico da década de 1920, apesar de a trama se passar nos dias atuais. “Ele carrega a coisa da malandragem, uma figura que sabe se virar. Na estreia, o avô do Vitor Novello (colega de cena), que tem uns 80 anos, ficou fascinado com o Gabriel. O personagem realmente cativa as pessoas mais velhas. Isso mostra que nossa peça é para todas as idades”, conclui.

 

JOVEM ESTUDANTE PROCURA
Sábado, às 21h; domingo, às 19h. Teatro Sesiminas. Rua Padre Marinho, 60,
Santa Efigênia. Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). Classificação: 12 anos. Informações: (31) 3226-4329.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE ARTES E LIVROS