Escritores de Minas concorrem ao Prêmio São Paulo de Literatura

Lista de finalistas foi divulgada na manhã desta quarta-feira, 03; confira

por Estado de Minas 03/08/2016 12:28

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
(foto: Divulgação )

 

Nesta quarta-feira, 03, o Prêmio São Paulo de Literatura anunciou os finalistas de sua edição de 2016. Entre as 175 obras inscritas, foram selecionadas 20 para concorrerem à fase final da premiação.

 

Entre os selecionados, dois escritores de Minas Gerais concorrem na categoria de Melhor Livro do Ano de Romance - Autor Estreante de Até 40 Anos.

 

Apesar de ter nascido em Florianópolis, Alex Sens foi radicado em Minas Gerais. Seu romance, ''O frágil toque dos mutilados'', segundo a sinopse, é ''um drama familiar sobre o reencontro de pessoas que tentam se explicar, se ajustar e se compreender através de seus sonhos e conflitos''. A obra já venceu o Prêmio Governo Minas Gerais de Literatura em 2012, na categoria Jovem Escritor. 

 

Já Isabela Noronha, natural de Belo Horizonte, lançou seu primeiro livro, ''Resta Um'', no final de 2015. O romance traz a história de Lúcia, professora de matemática, que perde sua única filha. Anos depois, após mudar completamente toda a sua vida, Lúcia recebe um email de álguem que diz conhecer o paradeiro da menina.  Segundo a autora, o desaparecimento é um ato que se ''se estica indefinidamente'', agravando a dor da personagem.

 

Entre os veteranos da literatura, dois nomes chamam a atenção. Marcelo Rubens Paiva, escitor paulistano, concorre com seu último romance ''Ainda estou aqui''. Já o moçambicano Mia Couto entra na disputa com o livro ''Mulheres de cinzas - as areias do imperador''. 

 

 

Abaixo, veja a lista completa dos finalistas:

 

 

Melhor Livro de Romance do Ano 2015 

 

Beatriz Bracher - ''Anatomia do paraíso''

João Almino - ''Enigmas da primavera''

Julián Fúks - ''A resistência''

Marcelo Rubens Paiva - ''Ainda estou aqui''

Mia Couto - ''Mulheres de cinzas - as areias do imperador''

Nei Lopes - ''Rio Negro, 50''

Noemi Jaffe - ''Írísz: as orquídeas''

Paula Fábrio - ''Um dia toparei comigo''

Raimundo Carrero - ''O senhor agora vai mudar de corpo''

Santana Filho - ''A casa da marionetes''

 

 

Melhor Livro do Ano de Romance - Autor Estreante + 40 anos

 

Eda Nagayama - ''Desgarrados''

Marcelo Maluf - ''A imensidão íntima dos carneiros''

Robertson Frizero - ''Longe das aldeias''

 

 

Melhor Livro do Ano de Romance - Autor Estreante até 40 anos 

 

 

Alex Sens - ''O frágil toque dos mutilados''

Isabela Noronha - ''Resta Um''

Julia Dantas - ''Ruina y leveza''

Rafael Gallo - ''Rebentar''

Sheyla Smanioto - ''Desesterro''

Tércia Montenegro - ''Turismo para cegos''

Tomas Rosenfeld - ''Para não dizer que não falei de Flora''

 

 

Os vencedores serão divulgados em cerimônia pública prevista para setembro. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE ARTES E LIVROS