Começa nessa quarta, dia 27, distribuição de ingressos para o festival Traço, na Savassi

Serão três dias de performances de música e desenhos ao vivo, debates, lançamentos de livros, DJs e feira gráfica na casa de shows A Autêntica

por Redação EM Cultura 26/07/2016 19:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.


Começa nessa quarta, dia 27, a retirada de ingressos para o festival Traço, com três dias com performances de música e desenhos ao vivo, debates, lançamentos de livros, DJs e feira gráfica na casa de shows A Autêntica, na Savassi, em Belo Horizonte. O evento vai dos dias 4 a 6 do mês que vem. A programação é gratuita e os convites serão distribuídos no local.

As apresentações reúnem grupos musicais e artistas gráficos do cenário mineiro e convidados de outros locais, como o quadrinista carioca André Dahmer; o artista plástico, editor e quadrinista paulistano Rafael Coutinho; a banda de um homem só curitibana O Lendário Chucrobillyman; a quadrinista brasiliense Lovelove6; a artista Karina Buhr, que se apresenta no Traço como desenhista, pela primeira vez em uma performance deste gênero; e a banda paulistana Curumin. Ao todo, nesta edição, são sete apresentações de música e desenhos ao vivo.

A cada data, a programação começa com rodas de conversa, que reúnem produtores, músicos, editores, quadrinistas para falar sobre temas como mercado, cenário artístico e produção cultural. Em seguida, se iniciam as apresentações. Durante os shows, artistas criam desenhos, ilustrações, pinturas e outras produções, que são projetados em tempo real em um telão montado no palco. A combinação entre os sons, os desenhos e as projeções abre novas possibilidades para cada modalidade artística, resultando em performances inéditas.

São três os lançamentos de livro, todos eles com uma característica em comum: as obras são coletâneas de séries de tiras produzidas por seus autores. Como programação especial da quinta-feira, 4 de agosto, o Traço promove o lançamento em Belo Horizonte do livro Quadrinhos dos anos 10, do artista André Dahmer, publicação da editora Companhia das Letras. Das 20h às 22h, ele fica disponível no local para autógrafos, para trocar ideias sobre seu trabalho, e sobre sua performance que acontece mais tarde na mesma noite, na qual ele desenha ao longo do show da banda mineira Iconili.

Na programação de lançamentos do sábado estão duas publicações da Editora Miguilim, uma das marcas apoiadoras do festival. São eles: a nova edição do livro Ryotiras Omnibus, de Ricardo Tokumoto – título originalmente produzido por meio de financiamento coletivo em uma tiragem já esgotada de 1500 exemplares – e Juventude, de Chantal Herskovic – ilustradora que publica a série de tiras de mesmo nome deste livro desde 1999, diariamente no jornal Estado de Minas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE ARTES E LIVROS