Thalita Rebouças chega ao 21º livro da carreira e se lança como atriz

A escritora assume um novo desafio na carreira. Agora, ela também atuará como atriz na websérie 'Absurdices'

por Adriana Izel 27/06/2016 10:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alle Vidal/Divulgação
(foto: Alle Vidal/Divulgação)

A carioca Thalita Rebouças não fazia ideia de como sua vida mudaria quando trocou a profissão de jornalista pela de escritora. A autora se tornou referência na literatura infantojuvenil brasileira. Hoje, ela detém um dos maiores números de venda no mercado: um total de 2 milhões de exemplares, com 21 livros lançados. Sua primeira obra foi Traição entre amigas (2000), um romance sobre uma amiga que fica com o namorado da outra, e a mais recente é Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática (2016), narrado por uma jovem que sofreu bullying.

Essa é a primeira vez que a escritora resolveu tratar de um tema tão sensível. “Não sei escrever sem humor e esse é um assunto muito delicado. Precisei de 15 anos para me sentir madura o suficiente para falar desse tema e, especialmente, sem abrir mão do humor, para não parecer que não era eu que estava escrevendo”, explica. Thalita conta que tem recebido uma ótima repercussão: “As pessoas estão se identificando. Fico feliz em saber disso”.
A partir de hoje, Thalita assume um novo desafio na carreira. Agora, ela também atuará como atriz na websérie Absurdices, que estreia hoje no Gshow, plataforma digital da Globo. A primeira temporada contará com cinco capítulos, que serão disponibilizados sempre às segundas.

O seriado, com direção e roteiro de Pablo Uranga (e participação de Thalita nos roteiros), acompanhará a escritora relembrando em formato ficcional situações engraçadas, inusitadas e embaraçosas que ela passou ao longo da carreira com seus admiradores. “Já vivi muitas coisas com os meus leitores. Eles se sentem muito próximos de mim e isso cria situações embaraçosas, que são retratadas na série”, revela. O primeiro episódio, por exemplo, se chama Xaveco de pai e mostra Thalita, dando vida a ela mesma, sendo abordada por Mariah, vivida pela atriz Klara Castanho, que está acompanhada do pai (Mouhamed Harfouch), em uma livraria. Enquanto a garota aguarda por um autógrafo, a escritora é cantada pelo pai da jovem. O segundo capítulo, que também estará disponível hoje, Thalita é abordada por uma fã que sugere novos e esquisitos enredos para os próximos livros da escritora.

» Três perguntas // Thalita Rebouças


Na websérie Absurdices, vocês pretendem atingir o público infantojuvenil?
Acho que a série tem como objetivo transformar o que eu sou nos livros em audiovisual. Não tem idade para ler meus livros, basta gostar de rir e de se divertir. A séria é a mesma coisa. Acho que é uma série que vai pegar tanto os leitores como quem não me conhece, os pais...

Você participará da concepção das adaptações dos seus livros para o cinema?
Em A fada eu não fiz nada. Fiquei bem distante. Já em Tudo por um popstar, eles querem que eu fique perto do roteiro. O que me faz feliz. Acho que vai ser bom e respeitará os leitores. Esse livro saiu em 2003 e quero seja uma adaptação linda, como foi o musical. Estou feliz de lidar com essa panorama. Querem que eu seja como a J.K. Rowling, participe dos testes, da escolha do elenco. Cada trabalho é de um jeito. De qualquer maneira estou gostando do mercado ter aceitado produzir um filme nacional para adolescente.

Você pensa numa mensagem diferente quanto escreve para o público infantojuvenil?
Na verdade, eu gosto de propor mensagens. Nunca trago uma conclusão. Gosto de dar o anzol, mas nunca o peixe pescado. Quero que eles tirem suas próprias conclusões e sigam suas vidas.

Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática
De Thalita Rebouças. Editora Arqueiro, 272 páginas. Preço: R$ 29,90.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE ARTES E LIVROS