Performances celebram o mês das mulheres no Memorial Vale

DATA

  • 11/03/2017 à 11/03/2017
  • Hora início: 11:00

LOCAL / INFO

PREÇOS

  • Entrada Franca

Sob curadoria do performer Marco Paulo Rolla, três artistas plásticas convidadas apresentam ações performáticas que discutem o feminino nos sábados 11, 18 e 25 de março

 

 

Para comemorar o mês das mulheres, o artista plástico e performer Marco Paulo Rolla, curador do programa de performance do Memorial Minas Gerais Vale, fez a curadoria de obras que enaltecem o feminino. Serão apresentadas performances de diferentes gerações de mulheres que se apresentarão aos sábados do mês, sempre às 11h. Janaína Tábula, com &ldquoEntre a Vigília e o Sono&rdquo realiza sua performance no dia 11, Isabel Miranda traz a sua &ldquoA Desclassificada&rdquo no dia 18, e Janaina Lages ocupa o Memorial no dia 25 com &ldquo33&rdquo. O Memorial Minas Gerais Vale fica na Praça da Liberdade, 640 &ndash Funcionários, esquina com Rua Gonçalves Dias e a entrada para as apresentações é gratuita.



No próximo sábado (11/3), a experiência performática Entre a Vigília e o Sono de Janaína Tábula coloca em cena o corpo feminino que, no silêncio de sua intimidade vivência uma situação de imersão e permanência em um estado particular entre a vigília e o sono. Artista plástica, Janaína Tábula é graduada pela Escola Guignard e desenvolve pesquisas e experiências poéticas/plásticas na área da performance tendo o corpo como conceito, símbolo e suporte da imagem.



Isabel Miranda é a convidada do sábado (18/3) e apresenta &ldquoA desclassificada&rdquo. A performance parte do desdobramento de vivências e reflexões sobre os problemas sociais que atingem a mulher e também propõe a discussão sobre o lugar da mulher, corpo, tempo, liberdade e sonhos falidos. Isabel Miranda é modelo, estudante de teatro, dança e performance. Com origem em Contagem, ela pontua sua criação em uma família com forte histórico e vivências conservadoras e machistas.



A ação performática &ldquo33&rdquo da artista plástica Janaina Lages, fecha a programação no sábado (25/3), buscando mostrar a ação e reação do pó lançado sobre o seu corpo, que revela os rastros materiais marcados sobre o chão. A artista utiliza o espaço para revelar um corpo feminino que jaz sobre o solo, em um fluxo constante do trabalho construtivo na intervenção do corpo e do pó, que contrasta e revela os registros corporais durante e após a performance. Ela trata do discurso metalinguístico sobre o abuso dos corpos femininos, situações que são ocultadas, nessa ação estão expostas e desveladas.

 

 

SERVIÇO

 

Entre a Vigília e o Sono - Janaína Tábula

Data: 11/3 - Sábado

Horário: 11h

Local: Galeria do Memorial Minas Gerais Vale

ENTRADA GRATUITA.

 

A Desclassificada &ndash Isabel Miranda

Data: 18/3 - Sábado

Horário: 11h

Local: Portaria e jardim central do Memorial Minas Gerais Vale

ENTRADA GRATUITA.

 

33 &ndash Janaina Lages

Data: 25/3 - Sábado

Horário: 11h

Local: escadaria externa do Memorial Minas Gerais Vale

ENTRADA GRATUITA.

 

 

 

MEMORIAL MINAS GERAIS VALE

Endereço: Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias 

Horário de funcionamento: terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30, com permanência até 18h. Quintas, das 10h às 21h30, com permanência até 22h. Domingos, das 10h às 15h30, com permanência até 16h.

http://www.memorialvale.com.br

https://www.facebook.com/memorialvale  

https://www.youtube.com/user/memorialvale

 

www.memorialvale.com.br

+EVENTOS

Eventos

VÍDEOS RECOMENDADOS