Festival Sai da Rede

DATA

  • 29/03/2017 à 02/04/2017
  • Hora início: 20:30

LOCAL / INFO

PREÇOS

  • Meia entrada:10,00

FESTIVAL &ldquoSAI DA REDE&rdquo DESEMBARCA PELA PRIMEIRA VEZ EM BH

Série de shows traz à capital diversos representantes da nova cena musical brasileira, que ganharam visibilidade por meio da internet

 

Projeto musical de sucesso responsável por ajudar a despontar importantes nomes da atual safra da música brasileira em diversas partes do país, a série de shows &ldquoSai da Rede&rdquo, vai realizar sua primeira edição em Belo Horizonte. As apresentações ocorrerão entre os dias 29 de março e 02 de abril,no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB - BH), e trazem ao público belo-horizontino um variado cardápio musical, com nomes já conhecidos no ambiente online.  A proposta, que é reconhecida por dar visibilidade a músicos dos mais variados gêneros musicais, também ganha edições nos demais CCBB&rsquos: em São Paulo, nos dias 15, 22 e 29 de março no Rio de Janeiro, de 16 a 19 de abril e em Brasília, 25 e 26 de março e 8 e 9 de abril.

Os artistas convidados têm em comum a grande abertura com a juventude e a forte presença nos inúmeros canais de interação e divulgação disponíveis na internet, assim como fazem uso das várias ferramentas de produção disponíveis na atualidade. Desta forma, o &ldquoSai da Rede&rdquo se mostra como um ponto de encontro desses nomes com o público fora do meio digital. &ldquoHá, entre eles, uma grande comunicação e, não raramente, tocam ou compõem juntos, mesmo morando em diferentes cidades&rdquo, observa Pedro Seiler, um dos curadores do Festival.

Amanda Menezes, produtora executiva e curadora do Festival, destaca a importância da internet para que esses músicos consigam produzir e divulgar seus trabalhos de forma satisfatória. &ldquoAs mídias sociais e os sites especializados têm se mostrado fundamentais para sua difusão, atuando com papéis claros dentro dessa enorme produção&rdquo, avalia.

Mais do que um espaço para apresentações musicais, o evento quer propor a tão necessária discussão de temas que estão em uma efervescência necessária.  &ldquoUm dos aspectos mais interessante deste projeto é ser extremamente contemporâneo. Com isso, as temáticas abordadas pelos artistas são sempre atualíssimas. Na edição deste ano a programação é muito diversificada, mas as discussões sobre empoderamento feminino, liberdade de gênero e luta pela igualdade social estarão muito presentes&rdquo, comenta Amanda.

CONCEPÇÃO &ndash Em 2011, 2012 e 2013, a realização das edições anteriores do Festival &ldquoSai da Rede&rdquo confirmou a demanda e a relevância da iniciativa. Sempre sucesso de público, em seus primeiros eventos, o &ldquoSai da Rede&rdquo antecipou diversos nomes que ganharam o reconhecimento de público e crítica especializada e, que atualmente ocupam espaço de destaque no cenário musical. Já subiram no palco do projeto artistas como Tulipa Ruiz, Tiê, Letuce, Marcelo Jeneci, Gabi Amarantos, Cícero, O Terno e Baiana System. &ldquoO festival segue dando espaço a novos nomes dos mais diversos estilos, buscando uma abrangência cada vez maior e mostrando a riqueza da nossa música e suas diferentes vertentes. Buscamos um flerte com o contemporâneo, mas exaltando as suas raízes&rdquo, explica Seiler. O &ldquoSai na Rede&rdquo traduz isto ao brindar a capital com jovens intérpretes e compositores de estados como Bahia, Pernambuco, Paraíba, Rio de Janeiro e São Paulo, com sons que vão do rock ao eletrônico, do dub ao jazz, do samba ao reggae em um caldeirão de temperos.

PROGRAMAÇÃO - A maratona de shows começa no dia 29 de março com a banda goiana &ldquoCarne Doce&rdquo, que teve seu primeiro disco, autointitulado, eleito como um dos melhores da música brasileira em 2014, assim como o álbum Princesa, que também ficou entre os melhores nacionais de 2016A banda chega prometendo um som provocativo e cheio de verdade.

Já no dia 30 de março, o público contará com a presença de &ldquoAs Bahias e a Cozinha Mineira&rdquo, banda formada em São Paulo em 2011 e composta pelos músicos Rafael Acerbi e as intérpretes Raquel Virgínia e Assussena Assussena. O nome surgiu a partir da coincidência de que ambas as vocalistas, transexuais, possuíam o mesmo apelido &ldquoBahia&rdquo. Já o &ldquocozinha mineira&rdquo tem a ver pelo fato de Rafael ser de Minas Gerais. As &ldquoBahias e a Cozinha Mineira&rdquo chegam a Belo Horizonte trazendo sua música que está revolucionando a MPB e diversos elementos que fazem fortes referências a grandes nomes como Gal Costa.

No dia 31 de março quem comanda o palco do &ldquoSai da Rede&rdquo é o carioca, cantor e compositor Rubel, que surgiu do boca a boca da internet e tem atingido patamares impressionantes com seu álbum, &ldquoPearl&rdquo, lançado em 2013. Suas músicas transitam entre folk e MPB, com fortes influências nomes como Caetano Veloso, Jorge Ben Jor, Bob Dylan, Bon Iver e Fleet Foxes.

O penúltimo dia de festival, 1º de abril, fica por conta da MC Flora Matos. Desde os 4 anos de idade ela já se apresenta como cantora e, com o passar dos anos, vem se tornando cada vez mais reconhecida no cenário musical brasileiro e internacional, tendo feito sua primeira turnê pela Europa em 2008, quando passou por cerca de oito cidades em diferente países.

Já o último dia, 2 de abril, fica sob o comando de Tássia Reis e Russo Passapusso. Tássia, de 27 anos, é uma rapper nascida em Jacareí, que canta sua própria história e que é, também, a de muitos outros brasileiros. Russo Passapusso, cantor e compositor baiano, chega trazendo sua música com influências de rap, reggae e a cultura do Sound System jamaicano.

SERVIÇO

FESTIVAL &ldquoSAI DA REDE&rdquo

Data: de 29 de março a 2 de abril

Local:  CCBB Belo Horizonte 
Classificação indicativa: Livre para todos os públicos.

 Informações:  (31) 3431-9503

Programação:

 

29 de março (quarta) &ndash 20h30 - Carne Doce

30 de março (quinta) &ndash 20h30 - As Bahias e a Cozinha Mineira

31 de março (sexta) &ndash 20h30 - Rubel

01 de abril (sábado) &ndash 20h30 - Flora Mattos

02 de abril (domingo) &ndash 20h - Tássia Reis / Russo Passapusso

Preço: R$ 20  e R$ 10 (meia-entrada para clientes e funcionários do BB, estudantes e maiores de 60 anos, mediante apresentação de documento comprobatório).

 

A venda antecipada inicia-se na quarta-feira da semana anterior a do evento, restrita a quatro ingressos por pessoa. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do CCBB, de quarta a segunda, de 9h às 21h ou pelo site eventim.com.br .

 

OUTRAS CIDADES:

 

Festival Sai da Rede em Brasília
25/3 (sábado), às 20h: Mahmundi e Rico Dalasam
26/3 (domingo), às 19h: Tássia Reis e Flora Matos
8/4 (sábado), às 20h: 13.7 e Julia Vargas
9/4 (domingo), às 19h: Ana Vilela e Rubel
Teatro I do CCBB Brasília | SCES Trecho 2
Ingressos: R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira)

 

Festival Sai da Rede em São Paulo
15/3 (quarta), às 13h: Rubel / às 20h: Carne Doce
22/3 (quarta), às 13h: Lucas Estrela / às 20h: Russo Passapusso
29/3 (quarta), às 13h: Mahmundi / às 20h: As Bahias e a Cozinha Mineira
CCBB São Paulo | R. Álvares Penteado, 112 &ndash Centro
Ingressos: R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira)

 

Festival Sai da Rede no Rio de Janeiro
16/3 (quinta), às 19h: Carne Doce e Julia Vargas
17/3 (sexta), às 19h: Lucas Estrela e Tassia Reis
18/3 (sábado), às 19h: Mahmundi e As Bahia e a Cozinha Mineira
19/3 (domingo), às 19h: 13.7 e Rubel
Teatro I do CCBB Rio de Janeiro | R. Primeiro de Março, 66 &ndash Centro
Ingressos: R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira)

 

+EVENTOS

Eventos

VÍDEOS RECOMENDADOS